Anedotas 4
Num autocarro um casal de namorados sentam-se num banco e a mãe dela senta-se num outro mais à frente.
Quando o revisor chega ao pé dela para lhe cobrar o bilhete, diz a filha:
- Oh mãe, não é preciso que o Mário já tirou os três!
O condutor olha pelo retrovisor para a rapariga (que por acaso era boa como o milho) e respira fundo:
- Ah grande Mário! 

- Querida, hoje fui à feira da ladra e comprei uma jaula de tigres!
- Uma jaula de tigres? Para que é que queres uma jaula de tigres? Que é que lá que lá vais pôr dentro?
- Deixa-te de fazer perguntas parvas! Eu por acaso alguma vez te perguntei para que compras soutiens? 

- Como é que vai o teu marido com as crises de sonambulismo dele?
- Já está curado.
- Como assim curado? Que remédio lhe deste?
- Despedi a empregada... 

- Para a semana vou a Paris!
- Levas a tua mulher?
- Por acaso se fores à Madeira levas bananas? 

Conversa entre vizinhas:
- Oh querida, como é que se faz que quando você estende a roupa nunca chove? Eu nunca tenho essa sorte!
- Isso é um truque que aprendi com a minha mãe: quando acordar olha para a coisa do seu marido. Se estiver virada para a direita, chove. Se estiver para a esquerda, não chove, pode estender a roupa!
- Hmmmm, e se por acaso estiver para cima?
- Olhe, nesse caso, que se lixe a roupa, não é? 

- Querido, este ano compras um rádiozinho pequenino à tua menina? Compras? Sabes, um daqueles que têm um automóvel por fora!

Um espermatozóide perguntou a outro:
- O útero fica muito longe? E o outro respondeu:
- Calma, ainda estamos na garganta.

Um amigo a conversar com outro pergunta:
- Diz-se clitóride ou clitóris ? 
- Se me tivesses perguntado isso ontem poderia responder-te, tava com ele na ponta da língua.

Um certo dia algures por aí, vai um gajo a casa da namorada falar com o pai dela e diz-lhe assim:
- Estou aqui para pedir a c.na da sua filha em casamento.
- O quê !?!? - Responde o pai todo escandalizado.- Mas que malcriadice é essa ?!?!
- Já disse, quero a c.na da sua filha em casamento.
- Seu estúpido, não é a c.na que se pede em casamento, é a mão.
- Mas eu não quero a mão da sua filha, quero a c.na da sua filha, farto de punhetas ando eu.

Um ditador sul-americano dirige-se incógnito a um cinema.
Senta-se no meio da multidão e, na obscuridade, ninguém o reconhece.
No écran passam as actualidades. De repente, aparece ele próprio no filme, na varanda da sua residência, a falar ao povo.
Imediatamente a sala inteira levanta-se e aplaude.
Só o ditador permanece sentado, saboreando a sua glória.
Então o vizinho do lado inclina-se para ele e segreda:
-Levanta-te, parvalhão!! A sala esta cheia de bófias e arriscas-te a ser fuzilado por aquele estafermo!!

Um caracol ia a atravessar a estrada e foi atropelado por uma tartaruga.
Quando acordou nas urgências do hospital perguntaram-lhe o que é que lhe tinha acontecido:
- Como é que quer que eu saiba?!?!? Foi tudo tão depressa!!!!!

Um homem numa bomba de gasolina disse ao empregado:
- Encha o tanque se faz favor, enquanto eu vou lá dentro tomar um café.
Naquele tempo, as bombas de gasolina ainda não eram automáticas. O coitado do empregado do posto, deixou a mangueira ligada e foi atender outro cliente.
Quando o homem voltou, deu de caras com aquela gasolina toda transbordando do tanque. Chamou o rapaz e disse furioso:
-Olha só o que tu fizestes, ó rapaz. Toda esta gasolina esparramada pelo chão... Eu não tenho nada com isso. Só vou pagar o que estiver marcado na bomba!...

Q: What do you get when Snow-White strips for the seven dwarfs???
A:7 UP !

Este é um sermão de um padre alemão numa cidadezinha de interior do Brasil mais propriamente no CEARÁ:
Meus carrísimos irmons, na semana que vem fô dia de alegria, fô dia de felicidade, e nôs terremos um procisson... Mas não serrá como a do anus passadus que as murreres se menstruavam com os romens. Nosso procisson será combosta de terrês filas... a pirrimeirra combosta de romens, a segunda combosta de murreres, e a terrceirra... combosta de crrianças... As mulheres deverron tarrazer fêlas... fêlas que iluminarron toda a cidade... As solteiras que não tem experriência, levarron fêlas atrás... As casadas que já têm mais experriência levarron fêlas na ferrente e as velhas que já levarram muitas fêlas... levarrão fêlas na ferrente e atrás... As murrerres também deverron fir com fêstido barranco... se ela não ter fêstido branco... não ter poberrema pode vir cu da tia, cu da mãe ou cu da vó.... Os romens não deverron deixar seus cafalos soltos no pátio da igreja ou no cimitérrio... pois os cafalos pissam aqui, pissam ali, vão acabar pissando em mim e em focês também. Os romens também não devem amarrar seus cafalos no pau frente à igrreja, pois aquele pau tem dono, aquele pau é meu. Para amarrrar seus cafalos ou enconstar no meu pau ter que falarrr comigo primeira... Os romens também não devem entrar de esporras na igreja, pois esporra daqui, esporra dali, esporra nas parredes, esporra no chão, vão acabar esporrando em mim e em focês também. No final da festa nôs terremos chooop. Vai ser uma chupada que ninguém vai se esquecer.... Farremos assim: amarraremos um parril em cada punta do meu pau frente a igreja, os romens ficarrão de um lado e as murreres do outro e quando eu disser já cada um corre parra a punta to parril.... Esperro a corraborração de todos com a pirrochia do vigárrio. Quanto maior for minha pirrochia, merror parra todos, obirrigado. 

O Manuel sofria de um mal singular. Sempre que tomava um cafézinho sentia uma forte pontada no olho. Um dia, um amigo dele disse: 
- Ó, Manuel, porque não tiras a colherzinha antes de tomar o café?

- Pai, hoje fui expulso da escola.
- O quê??? O que é que fizeste?
- Meti dinamite debaixo da cadeira da professora.
- Maldito! Vais já à escola pedir desculpas à tua professora!
- Qual escola?!?

Dois lisboetas iam pelo Alentejo, quando encontram um Alentejano sentado à sombra de uma azinheira. Resolvem chateá-lo um pouco e perguntam:
- Compadre, quanto tempo falta para chegar onde queremos ir?
- Uns 10 minutos, responde o alentejano.
- Mas como, indaga um dos lisboetas?
- É que esse é o tempo que demora para chegar onde eu caguei, e vocês estão com cara de quem quer ir à merda...

O homem chega a um restaurante e pede uma sopa, quando o garçon traz o homem nota que o polegar dele está dentro da sopa.
- Meu amigo, que história é essa? O senhor vem com o dedo dentro da sopa?
- Sabe o que é? É que estou com um furúnculo no dedo e o médico mandou-me ficar com o dedo em lugares quentes.
- E então porque não enfia esse dedo no cu?
- Estava lá mas eu tirei-o para o servir.

Um bêbado estava sentado no jardim quando de repente vê um funeral lá ao fundo da rua e pensou "já agora vou ver o que é aquilo", quando chegou ao pé do funeral gritava a viúva:
- Ai mê crido, vas para onde não há televisão, vas para onde não há camas, vas para onde não há luz, vas para onde não há feijão nem arroz, vas para onde não há vinho... E tu que gostavas tanto, vas para onde não há nada.
Vira-se o bêbado e diz:
- Oh, Oh, queres ver que vão levar o homem para a minha casa?

Um dia um alentejano foi a Lisboa e lembrou-se de levar a ovelha de estimação.
Quando chegou ao comboio não deixaram entrar a ovelha porque não são permitidos animais nos transportes públicos.
Como solução atou a ovelha com uma corda pelo pescoço atrás do comboio. Quando chegou a Lisboa desceu do comboio e foi buscar a ovelha.
Quando chegou ao pé da ovelha esta já estava morta e com a língua de fora. Diz o alentejano:
- Ah estás rindo?????... P'ra próxima vens a pé.

Após meses de expectativas e de muitos planos um homem, que por acaso se chamava Zé conseguiu sequestrar a filha de um empresário riquíssimo.
A família da menina estava já preocupadíssima pois o sequestrador, dois dias depois do sequestro ainda não havia entrado em contacto com a família da vítima. Foi quando receberam um pacote contendo uma mão "decapitada" dentro e o seguinte aviso do sequestrador, para provar que não estava para brincadeiras:
"Esta é a minha mão, a próxima é a da sua filha". 

O rapaz chega à farmácia e pede um afrodisíaco bem forte:
- Sabe o que é, é que hoje vou sair com duas raparigas que são umas taradas!!!
- Leva este frasco. Podes tomá-lo cedo, que demora um pouco a fazer efeito !!!
No dia seguinte, o rapaz aparece na farmácia, todo partido, com uma cara de quem não conseguiu dormir:
- Aai, por favor, dê-me uma ligadura !!!
- Para o pénis???
- Não, para o braço, as raparigas não apareceram !!!

Chegou um NERD e disse a um amigo: 
- Eih, tu que te achas o máximo, por acaso não sabes quem é que bebe mais água do mundo?
O outro intrigado responde:
- Nem faço a mínima ideia... Mas quem é?
- É o TAVEL...
- TAVEL? Onde viste isso?
- Ah, de vez em quando passa um camião onde está escrito: ÁGUA POTAVEL

O homem foi fazer um safari em África e todos os dias quando voltava da caçada o gerente do hotel perguntava-lhe:
- E então Manel ? O que apanhaste hoje ?
No primeiro dia ele respondeu:
- Hoje apanhei uma zebra, dois leões e quatro minonplis.
No segundo dia:
- Hoje apanhei um rinoceronte, cinco veados e 12 minonplis.
O gerente achava estranho mas não perguntava nada para não parecer ignorante.
Até que um dia, de tanto ouvir o homem dizer que apanhou um monte de minonplis ele decidiu esclarecer o assunto:
- Desculpe Sr. Manel a minha ignorância mas eu não conheço esse bicho chamado minonplis.
- Não ? Há muitos por aqui. E são fáceis de apanhar... São uns bichinhos baixinhos, pretinhos e que quando lhes apontamos a arma eles comecam a abanar os bracinhos e gritar "Mi nom, plis!"

O homem esta a jantar num restaurante mas, a comida é tão má que ele não aguenta:
- Garçon, por favor, eu não consigo comer esta comida. Chame-me o gerente.
- Não adianta. Ele também não vai conseguir comer.

- Abandonar o navio -- berrou o capitão, apavorado enquanto o navio se afundava. -- Mulheres e crianças primeiro!
Um senhor, com lágrimas nos olhos e que tinha mulher e seis filhos dentro do navio, aproxima-se e diz:
- Como o senhor é humanitário, corajoso, destemido!
- Se os tubarões estiverem de barriga cheia, não vão querer saber da gente, meu senhor!

O homem estava assistindo ao jornal nacional quando, de repente, uma notícia o interessou. Falava de um homem que matou a sogra e a enterrou no chão da sala e só agora, 25 anos depois, é que descobriram.
O gajo ficou a pensar muito naquilo.
- Eu também poderia matar a megera da minha sogra e enterrá-la na sala. Até descobrirem, já estarei morto, colocado que tenho 50 anos... E, acho que vou fazer isso sim, raios!
E armou a armadilha. Chamou a sogra para um jantar.
Na primeira oportunidade, BAM! Lenhada na cabeça da velha, que logo foi enterrada na sala.
Meia hora depois, toca a campainha do homem. Era a polícia, que avisou:
- O Sr está preso por assassinar a sua sogra!
- Mas, mas, mas...
- Nada de mas, já para o carro!
- Na esquadra, o gajo, desconsolado, esbracejava:
- Eu vi na TV, um homem fez a mesma coisa e demorou 25 anos a ser descoberto! Como é que vocês me descobriram tão rapidamente???
- O truque é que ele não morava no segundo andar...

Nos anos 60 um Alentejano emigrou para os EUA e voltou 2 anos depois com um grande carrão e duas boazonas agarradas a ele.
Chegou à praça da aldeia e diz-lhe um antigo amigo:
- Eh Compadre! Abalou daqui há 10 anos sem nada e chega hoje cheio de dinheiro... Como é que conseguiu enriquecer tão depressa?
Diz o outro:
- Foi a trabalhar nos filmes do cinema. 'Tão o compadre nunca viu aqueles filmes onde aparece um leão a espreitar por um buraco a abrir a boca que parece que vai engolir a gente?
- Já vi sim senhori....
- 'Táo olhi! Eu sou o que está debaixo a puxar-lhe os colhões.

E o menino curioso, desses que perguntam tudo, chegou-se a mãe e disse:
- Mãe, o papa faz cocó na cama?
E a mãe:
- Que é isso, filhinho? Claro que não! Por que é que me estás a perguntar isso?
E o menino:
E por que todas as noites eu oiço a senhora dizer ao papa:
- "Lá vem você com essa MERDA MOLE outra vez!!! "

Então estavam duas vacas a conversar num dos imensos pastos da Inglaterra:
Vaca 1: Oh, 'Tô muito preocupada com esta história da Vaca Louca!!
Vaca 2: Porquê?
Vaca 1: Ora querida, você também devia estar preocupada, vão matar todas nós, porque a Vaca Louca transmite uma doença séria aos homens!
Vaca 2: Ora, não me preocupo com isso!!!!
Vaca 1: Porque não? Todas vamos morrer, somos vacas loucas!!!
Vaca 2:Voce vai queridinha, eu não sou Vaca, sou Napoleão Bonaparte!

Chegou o primeiro ministro da Enganaterra à Rainha Elizabeta, e disse:
- Majestade, estamos tendo problemas com a Vaca Louca!!!!
- E a Rainha, sem perder seu ar imperial, perguntou:
- Que foi que a Lady Daaaai fez desta vez???

Um brasileiro vivia na Europa e tinha a esposa na maternidade, o filho tinha nascido poucas horas antes. Então ele lá foi para ver o seu rebento. Chegou a recepção e perguntou:
- Olhe, eu venho cá ver o meu filho, nasceu há algumas horas. Sabe, sou brasileiro e novo na cidade, perdi-me. Ainda posso vê-lo?
- Suponho que possa fazer uma excepcão, suba estas escadas a direita e vai lá ter fácilmente.
- Muito obrigado!!
Ele lá foi, subiu as escadas e viu logo um grande letreiro que dizia:
*** Bebés Super Inteligentes e Bonitões ***
Viu uns bebes deitados nos seus berços. Chegou perto da primeira enfermeira que viu e perguntou muito excitado:
- O meu bebé, quero ver o meu bebé!!
- Pode-me dar o seu nome sff?
- Sou o brasileiro, não devem haver muitos aqui.
- Deixe ver... não, não tenho cá nenhum brasileiro, tente o piso acima.
E subiu as escadas de novo, para encontrar outro letreiro que dizia:
*** Bebés Inteligentes, Acima do Normal e Bonitos ***
Lá estavam mais bebés nos seus berços e foi perguntar a uma enfermeira se estava lá o seu bebé.
- Não, desculpe mas não temos aqui o seu filho, tente o piso acima.
Subindo novamente as escadas e ia embatendo noutro letreiro que dizia:
*** Bebés Com Q.I. Normal e Apresentáveis***
Lá encontrou outra enfermeira a quem perguntou se lá estava o seu adorado filho, mas obteve a mesma resposta:
- Parece-me que não... Definitivamente não está cá, talvez no piso acima.
Já conhecendo de cor os degraus daquela escada lá foi subindo até encontrar outro letreiro que por sua vez dizia:
*** Bebés Mais Fracos Intelectualmente e Menos Bonitos ***
Um pouco desiludido, lá foi questionar a enfermeira e foi o mesmo:
- Vai ter que ir lá ver a cima que nós aqui não o temos, é só subir...
- Eu sei o caminho, obrigado!
Subindo de novo as escadas encontra outro letreiro que por sua vez diz:
*** Bebés Burros e Feios ***
- Pode ser que seja aqui. Enfermeira, podia-me dizer se o meu filho está aqui?
Depois da procura...
- Terá que ir lá a cima, porque ele aqui não está.
Mais escadas, e mais um letreiro onde está escrito:
*** Bebés Completamente Estúpidos e Feios de Morrer ***
Mais uma enfermeira questionada e a resposta já conhecida:
- Concerteza que está no piso acima, porque aqui não está, desculpe.
Já a pensar que estava no cimo do Hospital vai subindo as escadas, quando vê:
*** Futuros Parasitas e Inadaptados da Sociedade, Apresentação Alienígena ***
- Enfermeira!!
Bla bla bla...
- Como vê aqui há muitíssimos poucos bebés e posso-lhe garantir que aqui não está. Só há mais um piso acima deste e é ai que ele está!
- Ahh, finalmente vou ver o meu filho. Diz o brasileiro enquanto sobe as escadas, onde depara com o seguinte letreiro:
*** Brasileiros ***

Caro papai, ontem fez uma bela noite! O Sol brilhava entre as trevas. E eu, sentado em uma pedra de pau, à sombra de uma árvore sem troncos nem galhos, escutava atentamente um mudo falando consigo aos companheiros:
- Prefiro mil vezes a morte à vida...
Ao longe, próximo dali, havia um bosque sem árvores. Os pássaros saltavam de galho em galho, e os elefantes descansavam à sombra de um pé de couve.
Corri devagar em direcção à minha casa, e entrei pela porta dos fundos que fica na frente. Como já era cedo, deitei o paletó na cama e me pendurei no cabide, onde, após dormir um bom sono, sonhei que estava acordado. Aí, dei marcha a ré e rumei para o banheiro, onde me serviram o jantar. Depois de ter comido o guardanapo, limpei a boca com o bife, olhei para o lado e vi um cego lendo um jornal religioso sem letras, que dizia:
"Os quatro evangelistas são três: Esão e Jacu." 

Era meia noite e o sol raiava;
As andorinhas pastavam, enquanto as vacas pulavam de galho em galho; Um velho ancião, de apenas 14 anos; Sentado em pé, numa pedra arredondada com quatro quinas; Calado, assim dizia; "Os quatro maiores profetas eram 3: Abraão e Jeremias! "

Está uma avozinha na sua cadeira de baloiço a fazer malha, quando a neta lhe pergunta:
- Avó, o que é um amante ?
- O quê ?? - Respondeu a senhora
- Um amante! ..Um amante! ..
A velhota, largou tudo, e muito aflita subiu ao sotão a correr e abriu um guarda-roupa... De onde caiu, um esqueleto.

- Sabes de onde se extrai a pura lã virgem ????
- Das ovelhas que correm mais que o pastor!

Havia um padre que detestava os espanhóis, e passava o tempo a falar mal deles:
- São a merda dos espanhóis, os cabrões dos espanhóis, os sacanas dos espanhóis...
Passado uns tempos isto chegou aos ouvidos do arcebispo, que lhe disse:
- Meu filho, você não pode falar assim na missa. Controle a sua linguagem para não causar sarilhos a igreja!
O padre não ligou e continuou a falar da mesma maneira nas suas missas:
- Os bastardos dos espanhóis, as bestas dos espanhóis, os filhos da puta dos espanhóis...
Até que isto chegou aos ouvidos do cardeal, que o chamou e disse:
- Você não pode falar assim na missa! Porque não fala antes dos problemas sociais?
Assim foi! Mal começou a missa, começou o padre:
- E a droga em Espanha, o crime em Espanha, a corrupção em Espanha...
Até que, mais tarde, isto chegou também aos ouvidos do papa, que lhe escreveu uma carta:
- Meu filho, isto não pode continuar, pois e um sacrilégio! Porque, em vez disso, não fala sobre a última ceia de Cristo?
OK, pensou o padre. No domingo seguinte, começou a descrever o que se passara na última ceia. 
"E disse Jesus:
- Pedro, foste tu que me traíste?
- Eu não, Jesus, nunca!
- Foste tu, Paulo?
- Eu seria incapaz de fazer uma coisa dessas!!
- Judas, diz-me, foste tu?
- Pero... Que dices ??"

Um japonês chegou à farmácia e pediu:
- Dê-me uma camisinha zigue-zague!
- Mas por quê ????
- Para eu poder foder a torto e a direito!!!

Ontem um gajo disse-me:
- Eu comi um Brasileiro ontem !!!
- Mas como?? Ele é maricas ???
- Não! Eu usei uma técnica para isso!
- E qual foi ??
- Foi fácil... Cheguei-me a ele, estiquei o indicador e disse:
" Olha aqui, Brasileiro, vou enfiar este dedo no teu cu !!! " E ele respondeu:
" Vais enfiar o CARALHO!!! "...

Existia um casal, cujo casamento se encontrava numa situação nada famosa. Grande parte dos seus desentendimentos era devido a questões sexuais. Quais eram estas questões? O marido gostava, quando tinha relações com a mulher, de a chamar Brigitte Bardot, coisa que ela detestava. A outra questão, era a de o marido lhe querer ir ao cu, coisa que ela não deixava. E assim corria a vida deles, cada vez pior. A mulher, que por sinal até gostava do marido, decidiu-se a fazer algo para salvar o casamento. Assim, um dia de manhã, foi a um salão de tatuagens, e, explicando a história ao tatuador, pediu-lhe para ele lhe tatuar um B em cada bochecha do rabo, para o marido pensar na Brigitte Bardot. Feito isto foi para casa. Ao fim da tarde, quando o marido chegou do trabalho, a mulher falou com ele:
- "Querido," - disse ela - "vamos para o quarto que tenho uma surpresa para ti.".
E assim foram. Entraram no quarto, a mulher disse para ele se despir, apagou a luz, despiu-se e disse-lhe para ele lhe ir ao cu à vontade. O marido ficou radiante, e esteve doze horas naquela lufa lufa, a ir-lhe ao cu. Quando finalmente não aguentava mais, a mulher virou-se para ele e disse:
- "Sabes, querido, ainda tenho mais uma surpresa..."
- "Mais uma surpresa ?!? Não sei se vou aguentar..."
A mulher levantou-se da cama, acendeu a luz e virou o cu para ele.
- "Então, querido, o que achas?"
Ao que o marido responde:
- "BOB ?!? quem é o BOB?!?"

Sabem como no Porto se chama a um VIP? (Very Important Person)
ICC!!! (Importante Como o Carago)

Sabem a diferença entre o céu e o inferno?
No céu:
Os Alemães tomam conta da segurança
Os Ingleses da organização
Os Franceses da alimentação
Os Italianos do amor
No inferno...
Os Italianos da segurança
Os ingleses da alimentação
Os franceses da organização
Os alemães do amor...

Às 3 da manhã estava um maricas a gritar do alto dum prédio:
- "Ai meu Deus! Estou com SIDA! Vou-me matar, vou me mandar daqui abaixo!"
Um vizinho:
- "Para com essa porcaria, maricas dum raio! O suicídio não resolve o problema a ninguém! Tenho um remédio muito bom para te ensinar, ouve com atenção:
Meio litro de azeite
Meio litro de óleo de rícino
Meio quilo de pimenta branca
Bate tudo e bebe de uma vez só!"
Maricas: "E vou curar-me ?"
Vizinho: "Claro que não!... Mas vais ficar a saber para que serve o CU!!!

Sabem onde é que um elefante se esconde bem?
Atrás de um morango.
Já viste algum elefante atrás de um morango?
Não?!
Estás a ver como ele se esconde bem.

Um certo dia Bill Gates bate as botas (Yesssss!). Chegado ao céu é recebido por São Pedro que ao vê-lo aproximar-se logo exclama!
- Aqui vais ter que trabalhar. Não vais ficar com o traseiro na cadeira vendo os outros a bulir!
A principio Bill fica atónito com a recepção, mas como agora não mandava em nada, aceita de cabeça baixa.
- O que eu devo fazer? - pergunta o (agora) infeliz.
- Nós precisamos de alguém que construa um banco de dados e interligue todos os computadores aqui do paraíso, e além disso, que gerencie tudo! - diz São Pedro 
Bill esboça um largo sorriso:
- Wow!! É por isso que chamam a isto paraiso!!
Ao entrar na sala onde deveria iniciar o seu trabalho, Bill da de caras com um Machintosh! E aí, com raiva, pergunta a São Pedro:
- São Pedro, onde é que está o meu windows????
São Pedro com muita raiva grita:
- SE QUISERES TRABALHAR COM WINDOWS VAIS PRÓ INFERNO!!!

A rapariga tinha casamento marcado, e o burro do noivo jurava a pés juntos que ela era virgem, mas claro que ela não era.
Nervosa, ela pede conselhos à sua mãe :
- Mãe... o que é que eu faço ? O Astolfo pensa que eu sou virgem, e se ele descobre que eu não sou pode querer anular o casamento!
- Filha, olha, faz como eu fiz ao teu pai: Antes do momento X vais à casa de banho e dissolves umas pedras hume-hume num copo com água, passas a água na coisa e pronto, vais ficar toda apertadinha e ele vai acreditar, já que ele é mesmo burro.
Dito e feito, na hora do vamos-ver, a rapariga pôs as pedras num copo com água e deixou-o na casa de banho enquanto dissolvia.
A rapariga já estava na cama e o Astolfo foi à casa de banho e foi então que ela se lembrou do copo.
- Querido, não viste um copo com água que eu deixei na casa de banho ?
- Viff sifmf quefridifnhaf.

Bem... um garoto maroto... entra no autocarro em baixa Lisboa para ir dar um passeio, e senta-se atrás do condutor.
Começa a cantar, maluquices....
- Se o meu pai fosse um porco, a minha mãe uma porca, eu era um porquito
- Se o meu pai fosse um cão, a minha mãe uma cadela, eu era um cachorito
Bem, o Condutor, começou a ficar irritado com a música dele, e virou-se para o miúdo e disse:
- Se o teu pai fosse um estúpido, a tua mãe uma estúpida, que eras tu?
O miúdo, disse de repente com grande orgulho: 
- Seria condutor!...

Filho para o pai...
- Não quero ir à escola hoje pai e tenho três razões:
1.- Os meninos não brincam comigo.
2.- Estou cansado da escolinha.
3.- As professoras me gozam.
Pai para o filho:
- Três razões porque deves ir:
1.- Já faltaste cinco dias este ano.
2.- Tens 43 anos de idade.
3.- És o director da escolinha.

Era uma vez um rapaz tão burro.
Tão burro, tão burro...
Que fez analises ao sangue.
E REPROVOU... 

Estavam dois alentejanos à sombra de um chaparro.
- Compadre... Veja lá se faz favor, s'ê tenho a braguilha aberta.
Passado um bocado e depois de um esforço extraordinário:
- Não compadre, vocemecêi na tem a bruguilha aberta nã sinhôri.
Passado mais um bocado responde o primeiro:
- 'Tá bem então na mijo!

- Sabem porque é que os pretos cheiram á 'catinga'?
- É para os cegos também poderem ser racistas!

Perg: Sabes como se conhece um alentejano numa luta de galos?
Resp: É o único que leva um pato!
Perg: Sabes como se conhece uma loura na mesma luta de galos?
Resp: É a única que aposta no pato!
Perg: E sabes como é que se sabe que o Pinto da Costa também lá estava?
Resp: O pato ganha!... 

Numa escola de pretitos a professora:
- Juaquim, úatis ióneime?
- Qué?
- Manere, úatis ióneime?
- Qué?
- Marcelimo, úatis ióneime?
- My name is Marcelino, my father's name is João my mother's is Maria, and I have no brothers nor sisters! - Diz o Marcelino todo contente.
Ao que a professora responde
- Qué?

Oh Senhor Doutor, eu, quando levanto a perna direita, não sinto nada ... Levanto a perna esquerda, não sinto nada ... Se levanto as duas caio!! É grave ?? 

Andava um maluco com uma escova de dentes amarrada por um cordel pelos corredores de um manicómio. Cruza um enfermeiro que lhe diz : 
- Então pá ? A passear o cão?
- Oh Sr. Enfermeiro , sinceramente ! Não vê que isto é uma escova de dentes, não é um cão ? Depois eu é que sou doido ! - Diz o maluco, e vai-se embora.
Passado um bocado, vira-se para trás e diz :
- Anda Boby que já conseguimos enganar mais um ! 

Conheci um gajo que era tão racista, mas tão racista que bebia whisky "Black & White" em copos separados ! 

Diz o Pai Pirilampo para a Mãe Pirilampo : 
- Ele é brilhante para a idade quem tem, não é ? 

Era um gajo tão preguiçoso, mas tão preguiçoso que todos os dias se levantava às 5 da manhã para estar mais tempo sem fazer nada ! 

Um maluco para outro : 
- Ouve lá, o pá se aquela mota ali é inglesa, porque é que não tem o volante do lado direito? 

Era um velhinho, tão velhinho que já não tinha espermatozóides, tinha espermatossauros ! 

- Oh mãe, mãe, o que é que quer dizer "pourquoi" ?
- Porquê !
- Por nada, só para saber ... 

Havia um homem que tinha uma boca tão grande que cada vez que queria dizer 100, tinha de fechar metade, senão dizia 200 ... 

Dois malucos : 
- A pesca hoje estava mesmo boa, marcaste o lugar onde estávamos ?
- Marquei, fiz uma cruz no casco do barco que alugámos !
- És mesmo parvo! Então, se da próxima vez não pudermos alugar o mesmo barco como é que vamos saber onde é que era ? 

- Se fosses um animal irracional, qual é que gostavas de ser ?
- Sei lá !
- Eu gostava de ser um ATUM ! É que assim a minha mulher era ATUA !! 

Uma mãe e uma filha recém-casada vão ao médico. A filha muito a custo lá começa a dizer o que é que as lá levou:
- Sabe Sr. Dr. é que eu queria que nos aconselhasse ... Já nos conhecesse há algum tempo ... é o meu marido ... Ele ... Ele ... 
- Que é que tem o seu marido ? Ele está doente ?
- Não Sr. Dr. ele está bem ... Ele é que agora ... Ele ... Não sei, ele...
- Diga , diga ! Ele não cumpre os deveres de marido , é isso ?
- Não é bem isso ... é que ... Tenho vergonha . Mãezinha , diz tu.
- Sabe Sr. Dr., é o marido dela... Tem umas manias ... Ele ... Ele quer ir-lhe ao rabo. Pronto.
O médico muito espantado :
- A mim ? Mas ele nem me conhece de lado nenhum !

Dois meninos :
- Chiquinho, o que é uma lesma ?
- É ... É ... Um caracol nudista ! 

Um garoto que acaba de receber uma bicicleta de presente, não pára de fazer habilidades à frente da mãe :
- Mamã! Mamã, olha, sem as mãos !...
- Mamã! Mamã, olha, agora, sem os pés e sem as mãos !...
Passado um bocado:
- Mamã , olha sem os dentes ! 

- Avô, avô, olha ali aquele senhor e todo careca !
- Shhhht ! Cala-te que ele pode ouvir-te !... 
- Porquê ? Achas que ele não sabe ?

- Oh mamã os soldados têm medo de perder os pês ?
- Claro que não, porque dizes isso ?
- É que quando eles vão a marchar, estão sempre a contá-los: um, dois, um, dois ... 

Estava uma garota a ver a mãe a dar a mama ao irmã bebé e diz-lhe : 
- Oh mãe sacode bem, senão fica o açúcar todo no fundo! 

- Está bem , eu tomo nota ... O Luizinho não pode vir às aulas hoje porque está com gripe ... Já agora, quem é que está ao telefone ?
- É o meu paizinho Sra Professora ! 

- Olha lá! Onde é que vais a correr com tanta pressa.
- Deixa-me, tenho que tentar impedir que dois gajos andem à porrada!
- Oh pá! Quem são?
- O Zé, que já ali vem ... E eu! 

Menino Joãozinho, diga depois de mim : ai ...
- Ai!
- Éi...
- Éi!
- Ói...
- Ói!
- Ui...
- Uí!
- Joãozinho, não é UÍ, é UI , então disse tudo bem , e não é capaz de dizer UI? Diga lá , Ui!...
- Uí!
- Não , não é nada disso! Então o que é que o menino diz quando se queima, por exemplo?
- Porra ! 

- Maria! O talhante tinha pés de porco? 
- Minha senhora, como é que quer que eu saiba, o homem não atende os clientes descalço! 

Num asilo :
- Digam o que entendem por objecto transparente.
Levanta-se um doido:
- É um objecto através do qual se pode ver !
- Muito bem ! Dê-me um exemplo de um objecto transparente ...
- O buraco da fechadura ! 
- Sabes porque é que a água do mar é salgada? 
- Porque tem lá o bacalhau dentro! 

Hipócrita - Pessoa que vai para o emprego com um sorriso na face 

Na escola:
- Que sabes tu dos químicos do Século XVII, meu menino?
- Bem ... Sei ... Sei ... Que estão todos mortos ?!? 

Estava um garoto todo esticado a tentar chegar a uma campainha. Passa um polícia e pergunta se queria ajuda.
- Sim Sr Guarda, será que dava para o Senhor tocar à campainha por mim?
O polícia assim fez. E berra o garoto:
- Agora fuja que eles costumam atirar água ... 

- Esta bola é tua menino ?
- Estragou alguma coisa?
- Não!
- Então é! 

A filha ao contar ao pai que tinha um namorado, ele começa logo a perguntar:
- Ao menos é um rapaz poupado?
- É papá, olha ainda na semana passada quando lá fui a casa e os pais dele não estavam, a primeira coisa que ele fez foi apagar a luz! 

Na noite de casamento ela para ele que se mostrava um pouco desinteressado:
- Olha querido, sabes, na noite de casamento, normalmente é suposto os noivos fazerem ...
- Fazer o quê?
- Sabes, aquilo!...
- Aquilo o quê?
- Aquilo que vês os cãezinhos fazer na rua...
- Porra! Não me digas que vou ter de andar toda a noite a mijar contra a parede! 

Ia uma senhora por uma rua abaixo com ar muito distraído com uma mama de fora. 
Um cavalheiro:
- Minha senhora, desculpe. Eu não queria parecer indiscreto, mas a senhora leva um peito de fora.
- Ai credo! Esqueci-me do bebé no autocarro!

- Que lindo vestido tu tens. é pele mesmo ou é imitação ?
- Então não vês que é pele mesmo ?
- Deve ter-te custado os olhos da cara, não ?
- Os olhos da cara ? Os olhos da cara !?!? Custou-me foi o olho do ...

Um cachopo para a mãe 
- Oh mãe, mãe , aquele embrulho azul é para mim ?
- Não filho, o embrulhinho azul é para o papá!
- Então o embrulho verde é que é para mim !
- Não, o embrulho verde é para a mamã!
- Então mamã, é o embrulho vermelho que é para mim, não é ?
- Não, o embrulho vermelho é para a mana !
- Oh mãezita, então este ano pelo Natal eu não tenho presente ?
-Então mas olha lá, tu com um tumor na cabeça ainda te convences que chegas ao Natal ? 

Um conhecido sexólogo estava a dar uma palestra : 
- Como V. Exas. sabem, há 32 maneiras diferentes de, um homem e uma mulher praticarem o acto sexual ... 
Quando na sala alguém interrompe :
- Desculpe, mas são 33 !
O cientista aborrecido : 
- Só aceitarei comentários ou observações no fim da conferência! Como dizia eu antes de ser interrompido pelo cavalheiro, existem 32 maneiras de praticar o sexo, a primeira das quais a clássica : a mulher deitada de costas e o homem coloca-se por cima dela, com as ... 
E então o mesmo assistente :
-Sendo assim já são 34 que essa eu não conhecia !... 

De uma moiteira ouve-se :
- Ai! Zé, tira os óculos que me estás a magoar!
Passado pouco tempo: 
- Porra zé, põe lá a porcaria dos óculos que estás outra vez a lamber a erva! 

Um naufrágio.
Três sobreviventes : dois homens e uma mulher.
Vão parar a uma ilha deserta ...
Passado um mês resolveram matar a mulher devido à vida porca que levavam.
Passado mais um mês resolveram enterrá-la devido à vida porca que levavam.
Passado outro mês resolveram desenterrá-la devido à vida porca que levavam.

Um médico faz o diagnostico de cancro a uma senhora, mas explica ao marido que pode salvar a mulher se ele durante três meses abdicar do coito com a mulher e passarem a praticar o sexo anal. Disse-lhe que ele teria de explicar à esposa e que ela teria de compreender e consentir. 
A senhora compreendeu, consentiu, e passados os três meses voltaram ao consultório. Só que o médico reparou que a senhora vinha muito triste :
- Então como é que a senhora se sente hoje? 
- Sr. Dr. Eu sinto-me bem, acho até que estou curada ... 
- Então e a senhora está assim tão triste porquê ?
- É que o Sr. Dr. deixou o meu pai morrer há seis meses com a mesma doença que eu tinha! 

Havia um espermatozóide que era coxo, e coitado nunca chegava a tempo à saída da bolsa dos testículos, pelo que não sabia o que era a alegria de quando passavam todos contentes do homem para a mulher e passava a vida a lamentar-se.
Os outros então prometeram-lhe que da próxima vez o levariam ao colo à frente deles. E assim foi.
Ele lá saiu todo contente até que passado pouco tempo desata aos gritos :
- Traição ! Traição ! Caí numa sarjeta ! 

Vem um homem todo contente aos gritos por uma rua abaixo :
- Sou um homem ! Eu sou um homem !
De vez em quando ele lá parava, até que levantava os braços e desatava aos saltos e ia outra vez rua abaixo : 
- Sou um homem ! Sou um homem mesmo a sério ! 
Até que alguém o abordou :
- Oh homem que raio de gritaria é essa ? Toda a gente vê que você é um homem, porque é que você vem tão satisfeito afinal ?
- É que acabei de levar no pacote e não gostei ! Sou um homem ! 

Um casalinho de namorados estava num banco de jardim, beijo daqui beijo dali, apalpadelas, beliscões. Até que ele lhe pergunta se pode meter o dedinho na coisinha dela. Ela faz-se muito esquisita e depois de muita insistência ela lá concorda :
- Mas com cuidado que sabes muito bem que eu quero casar virgem.
- Está bem, vais ver como tu até gostas ! 
Passado um bocado ela lá consegue disfarçar e fazer uma cara de zangada :
- Zé pára que me estás a magoar com o anel !
- Mas filha, não é o anel que eu tirei-o... Só se for o relógio! 

Vai uma mulher ao médico muito aflita e explica-lhe que aqueles excitantes que ele tinha receitado ao marido na semana anterior eram muito fracos. Que por isso ele tinha resolvido tomar todos os comprimidos e que o efeito tinha sido desastroso pois ele tinha passado três horas em cima dela e como ela já não tinha mais energias foi-se à empregada. Só que como também já nem ela o conseguia satisfazer ja tinha violado o filho.
Vão os dois a correr para casa para ver o que poderiam fazer, quando lá chegam eles dão de caras com o marido com uma faca na mão prestes a cortar aquilo. Ao que a mulher desata aos gritos :
- Ai desgraçado! Não faças isso !
- Cala-te estou a afiar a gaita para ir a c.. ao periquito.

A mamã voltou a casar-se ... 
Certo dia, alguém perguntou ao filho :
- Então dás-te bem com o teu novo papá?
- Dou, ele até me está a ensinar a nadar !
- Então e já sabes nadar ?
- Agora já me desenrasco mais ou menos, já nem tenho de pedir ajuda a ninguém para sair do saco quando ele me atira à água ! 

Havia uma professora que não tinha ensinado nada aos alunos, e então recebeu uma carta a avisá-la que iria receber em breve a visita de um inspector.
Ela então explicou aos alunos o que se ia passar, e que eles não deveriam ficar nervosos, e que quando não soubessem alguma coisa que ele lhes perguntasse, que olhassem para ela que ela iria arranjar uma maneira de ajudá-los. 
Assim foi, no dia da visita o inspector escreve no quadro a letras grandes CANETA.
- Pode ser esse menino aí na primeira fila. Leia isto em voz alta.
O garoto olha para a professora, que enquanto o inspector estava a escrever pegou numa caneta e começa a soletrar : 
- Ca-ne-ta!
- Sim senhor, agora isto. - e volta a escrever, desta vez BORRACHA - Você aí ao lado agora.
Mesma cena, e o garoto: 
- Bo-rra-cha!
- Hmm afinal isto não está assim tão mal quanto diziam. Bem mais uma vez, agora aquele menino lá no fundo. - e ele escreve SINO
O garoto aflito a olhar para a professora que estava a sacudir a mão fechada para cima e para baixo como quem está a tocar o sino.
- Pu-nhe-ta! 

A Isabel casou-se e foi morar para o andar de cima, mas mesmo assim continuava a comer com os pais.
Certo dia a mãe chama a Isabel e ela:
- Já vou mãe, não demoro.
Diz o Xico (o irmão mais novo):
- Não demora não!... Eu sei o que é que eles estão a fazer.
A mãe:
- Deixa de ser parvo e cala-te! Isabel, anda pra mesa!
- Já vou mãe!
- Ehehe eu sei o que eles estão a fazer!
O puto leva um tabefe e cala-se.
Passado quase meia hora:
- Isabel, filha, despacha-te que a comida fica fria!
Diz a filha quase a chorar:
- Oh mãe já vou ...
O Xico então desata-se a rir :
- Eu sei o que eles estão a fazer ... A Isabel pediu-me o tubo da vaselina e eu dei-lhe o da cola!!!! 

Estava uma senhora a conversar com uma criança magra e esfarrapada que brincava à beira da estrada.
- Pobre criança. Que faz o teu pai?
- O meu pai? Bebe!
- Bem me parecia. E a tua mãe?
- Também bebe!
- Lamentável! Tens irmãos ?
- Só um ... Os outros morrerram todos quando eram pequeninos ...
- Pois, não me admira! E o que faz esse teu irmão?
- O meu irmão está na faculdade de medicina.
- Na Faculdade de medicina !?!? Mas isso é formidável! O que é que ele lá faz?
- Está num frasco de álcool. 

Uma rapariga ia a passar por um atalho no regresso da escola quando um fulano qualquer a agarra pela cinta, a leva para o interior do bosque e a viola. No fim, o gajo talvez por remorsos:
- Agora que é que vais contar à tua mãe quando chegares a casa?
- Digo-lhe que a caminho de casa fui arrastada para a floresta por um tarado sexual que me violou duas vezes!
- Como assim duas vezes? Só te violei uma vez! 
- Pois, mas é que normalmente só chego a casa por volta das 6 e ainda só são 4:30 !... 

- Sabes como se faz para um bebé deixar de chorar?
- Põe-se mais vaselina! 

Estava uma rapariga a tomar banho, o irmão bate à porta pois queria ir fazer uma mijinha.
- Agora não podes estou a tomar banho!
- Mas oh mana, eu estou mesmo à rasca!...
- Mas eu estou aqui toda nua, não podes entrar.
- Eu 'tou mesmo à rasquinha! Prometo que não olho para ti! E depois, és minha irmã, eu não ia faltar-te ao respeito, não é?
Depois de tanta insistência a rapariga acedeu ao pedido de irmão, só que este não cumpriu o que tinha prometido olhou para e irmã e ao vê-la toda nua, não resistiu aos seus encantos, e ... Pimba...
Ao meio do acto diz ele:
- Ai mana, és tão boa, és dez vezes melhor que a mamã!
- Eu sei, o papá também já me disse o mesmo!
- Porra! Não me fales mais desse cabrão que ainda estou com o cu a arder!..... 

Havia um homem cuja vida não podia correr melhor, tinha um cargo de subdirector numa empresa multinacional, era casado com uma mulher de sonho, tinha uma casa de campo espectacular, um carro que era um estrondo ... 
Sei lá, o gajo devia ser o homem mais feliz do mundo.
Certo dia, depois de receber a notícia que a casa de campo ardera num incêndio florestal e de ter passado uma manhã inteira na companhia de seguros a tratar do assunto, ao chegar ao emprego recebe a notícia da secretária que tinha sido despedido. Ao tentar tirar satisfações com o director soube que esse estava fora , supostamente em negócios.
Resolve ir para casa contar à mulher o sucedido, só que quando chega à garagem , apercebe-se que lhe tinham roubado o carro.
Vai de autocarro para casa e qual não é o seu espanto quando ao chegar a casa se depara com uma carta da mulher explicando-lhe que afinal, ela era o tal negócio que o patrão estava a tratar... A sua vida tinha levado uma volta de 180 graus.
Não pensou mais, ia suicidar-se!
Saiu de casa sem rumo e subiu ao telhado do prédio mais alto que encontrou disposto a saltar.
Quando lá chegou qual não é o espanto dele, quando lá vê um homem de cabelo e barba grisalha, vestido de vermelho.
O homem pergunta-lhe o que lá estava a fazer e o suicida conta-lhe como a vida dele se tinha alterado nas últimas 24 horas.
- Não te preocupes, eu posso ajudar-te!
- Como assim, ajudar-me?
- Eu sou o Pai Natal, posso fazer tudo! Mas a minha ajuda vai ter um preço.
- Ai sim? E que é que vou ter de pagar?
- Não, não é dinheiro, sabes, é que lá no Polo Norte, a vida é muito solitária, há muito que não pratico sexo. Se me fizeres um *PIIIIIIIII* (alfinete de peito), prometo que te ajudo.
O homem fez caras, mas realmente que tinha ele a perder? Resolveu fazer esse favor ao Pai Natal.
No fim do serviço prestado, pergunta o Pai Natal:
- Então amigo, afinal que idade tens tu?
- Eu tenho 47 anos, porquê?
- Hmmmm, e tu, com 47 anos ainda acreditas no Pai Natal? 

Estava um casal a praticar o sexo oral. Ele:
- Hmmmm, ai .... Chupa ... Chupa ... Hmmmm ... Chupa ... PÀRA!!!!!!!!! SOPRA!... SOPRA!
- Que foi?
- Sopra porra! 'Ta o lençol a subir-me pelo cu acima! 

Havia uma professora que era acusada de ser racista, pois nas suas aulas colocava sempre à frente os alunos brancos, e no fundo os pretos. Depois de muita contestação a professora foi trocada. Logo na primeira aula que deu, diz a nova professora:
- Quero que fique bem claro que ao contrário do que a outra professora achava, os homens são todos iguais. E a partir de hoje não vai haver distinção de cor da pele! Não há brancos nem pretos, daqui para a frente seremos todos azuis!
Ouviu-se uma salva de palmas ecoar na sala.
- Pronto, visto que estão todos felizes com a atitude tomada, vamos começar a aulas. Mas primeiro vamos organizar-nos um pouco: Os meninos azuis claros à frente, os azuis escuros atrás! 

Ia um alentejano com a sua carroça puxada pelo burro, e o cão a acompanhá-los.
De repente, a alta velocidade e em sentido contrário aproxima-se um carro que embate de frente com eles.
O homem sai do carro, e ao ver que o burrito do alentejano estava em agonia vai ao carro, puxa de um revolver e... Bang! um tiro na cabeça do burro para acabar com o seu sofrimento.
Continua a andar e ao aperceber-se que o cão não tinha mais saúde que um burro...Bang Bang!, dois tiros na cabeça do cão.
O alentejano que tinha sido cuspido, sai da valeta com um olho na mão e aos gritos:
- Isto passa já! Isto passa já! 

Havia uma obra qualquer, onde trabalhavam brancos e pretos, e os pretos começaram a reparar que os brancos tinham um ordenado superior ao deles.
Um deles resolveu ir tirar satisfações com o encarregado da obra.
- Oh patão, patão, nóis qui é preto ricebi menos dinheiro qui branco no fim di mêis po'quê?
- Olha, vocês recebem menos porque os brancos são mais espertos!
- Eh, e branco é mais isperto como?
- Olha queres ver: (o encarregado põe a mão à frente de uma parede) Dá-me um murro na mão!
O preto dá um murro com quanta força tem, só que o encarregado tira a mão e o desgraçado esmurra a dele na parede.
- Ai, porra é verdade, branco ter mais esperto que preto!
E vai-se embora ter com os colegas.
- Então Malaquias, tu falou com pat'ão?
- Falou sim. Branco ganhar mais qui preto no fim di meis, porque branco ter mais esperto dentro da cabeça dele!
- Branco ter mais esperto como?
- Olha queres ver: (põe a mão à frente da cara) Dá um murro na mão de eu! 

Após um terramoto que houve não me lembre bem onde houve uns GNR's que foram destacados para ir ajudar as equipas de salvamento.
Depois de algumas horas, quase no fim do dia, de debaixo dos escombros sai uma mão de um jovem que se encontrava a gemer.
- Ai... Acudam! Acudam que eu ainda estou vivo...
Um dos GNR's pisa a mão do infeliz:
- 'Tás vivo um merda! 'Tás é mal enterrado! 

Havia um rapaz que tinha uma moto e que adorava altas velocidades.
Certo dia resolveu convidar um amigo que nunca tinha andado de mota. Este estava um bocado amedrontado e arranjou a desculpa de que estava com frio.
- Não! Eu empresto-te o meu casaco de cabedal, veste-lo ao contrário e vais ver que não tens frio. De qualquer maneira, prometo-te que ando devagar.
E assim ele conseguiu convencer o amigo, só que uma vez em cima da mota não resistiu a uma aceleradela para impressioná-lo e este caiu.
Não se tendo apercebido de imediato do sucedido, só algum tempo depois é que voltou atrás para ir recuperá-lo.
Quando chegou ao local da queda, deparou-se com uma pequena multidão, e conseguir ouvir um comentário:
- Coitado, não lhe pudemos valer! Nós ainda lhe tentamos voltar a cabeça para a frente, mas ele não sobreviveu!... 

Estavam duas moscas em cima de um monte de merda, e vira-se uma para a outra : 
- Olha , acabei agora mesmo de me lembrar de uma anedota !
- Só espero é que não seja umas dessas porcas que eu agora estou a comer ! 

Sabem o que é que anda na floresta, tem duas mamas e 14 testículos ?
A Branca de neve e os setes anões ! 

Estava um homem muito descansado num parque de estacionamento entre dois carros a verter águas, até que lhe aparece outro que fica a olhar para ele. Depois de olhar durante um bocado pergunta ao outro com uma voz muito meiga :
- Posso fazer-lhe uma festinha ?
- Ai só me faltava cá mais esta agora ... Vai-te embora.
- Ande lá, só uma festinha, vai ver que se calhar até gosta.
- 'Tás aqui 'tás a levar, vê lá mas é se desapareces antes que eu te dê uns murros.
- Deixe-me fazer só uma festinha e eu depois vou embora, prometo que não o chateio mais....
- Pronto está bem, faz lá a festa mas depois desapareces !
Então ele com muito cuidado lá pega no pirilau do homem e de repente começa a apertar, a torcer e a puxar e desata aos berros :
- Isto é ... para tu ...aprenderes ... a nunca mais ... mijares para cima ... dos pneus ... do ... meu ... carro !!! 

Havia um homenzinho que estava numa reunião muito elegante, onde haviam muitas celebridades que ele estava desejoso de conhecer. E ele então, para meter conversa chega-se ao pé de um actor famoso e oferece-lhe um charuto. Só que ele estava cheio de azar porque o tal actor não estava para aturar ninguém naquele dia:
- Obrigado, mas eu deixei de fumar!
O homenzinho não estava com vontade de desistir e perguntou-lhe se então não lhe poderia pagar um copo. Ao que ele respondeu :
- Obrigado, mas é que eu deixei de beber!
- Deixe-me ao menos apresentar-lhe a minha esposa ! 
- Obrigado, mas não ! Eu também deixei de f...... 

Uma mulher vai ao médico para este lhe receitar um remédio para a impotência do marido. Ele receita-lhe umas gotas só que se engana e na prescrição escreve 30 gotas no lugar de 3.
No outro dia aparece lá a senhora.
- Então Dona Amélia? De novo por aqui? Não me diga que o remédio não deu resultado.
- Deu, deu ! Vinha agora era pedir uma espécie de antídoto que é para ver se os homens da funerária conseguem fechar o caixão... 

Pai e filho vão sentados num autocarro cheio, entra uma senhora e o pai diz ao filho para ele se levantar e dar o lugar à senhora. Como o filho começa a torcer o nariz o homem não tem outro remédio senão levantar-se ele para dar o lugar. 
Quando chegam ao fim da viagem diz o pai :
- Ouve lá, tu não tens vergonha? Foi essa a educação que eu te dei? Porque é que não te levantaste quando eu te disse para dar o lugar à senhora?
- Ora essa, se não és tu que tens uma foto com a mãe em que ela está de pé e tu estás ali sentadinho que nem um fidalgo ...
- Pois é. Mas é que quando tirámos essa fotografia, estávamos casados há quatro dias, nem a tua mãe se podia sentar, nem eu me tinha de pé ! 

- Mãezita ... Pede a avó para me pôr a fazer xixi ...
- Não é preciso filho, eu ponho !
- Nããããoo ! Eu quero a avózinha !
- Mas porquê ? Não ‚ a mesma coisa ?
- Não, a mão da avó treme muito mais ..... 

Um garoto vê a mãe toda nua e pergunta-lhe:
- Ó mãezita , o que é isso que tens aí com tanto pelo ?
- É ... Hmmm, é uma escova de dentes ... 
E o garoto sai todo divertido, ao que a mãe pergunta :
- De que é que te estás a rir ?
- Nada. É que ontem vi o paizinho a lavar os dentes com a escova da empregada. 

Uma garota muito novinha (e precoce, pelos vistos) muito assustada, mostra a vagina toda ensanguentada a um colega de brincadeiras.
Ele desata a rir-se com ar trocista : 
- Ah ah ahaha! 'Tás lixada !... Cortaram-te a piroca !

Uma professora pediu que os alunos fizessem uma composição onde utilizassem pelo menos uma vez a expressão "Suponho que ...".
Uma das composições :
    Ontem à noite, depois do jantar, os meus pais deixaram-me com a empregada, e foram ao cinema. Suponho que tenham ido ver um bom filme
- Muito bem, diz a professora. Agora vamos ver a composição do Quinzinho.
    Na semana passado quando fui ver o meu avô, vi-o subir o monte com a TIME debaixo do braço. Ora, como o meu avô não sabe inglês, suponho que tenha ido cagar! 

- Eh pá! Agora há dias impedi uma violação!
- Ah sim? E como é que fizeste isso.
- Já estava assim um bocado cansado, a gaja corria que se fartava ... Olha, para dizer a verdade, já estava a ficar farto daquilo ...Eu parei de correr atrás dela !! 

Estavam uns garotos a brincar no pátio da igrejas por alturas do natal. Até que um deles sem querer esbarra num dos bonecos do presépio e parte-o.
Passado um bocado chega o padre:
- Quem é que partiu o pastor?
Todos ficam muito calados até que depois de muita insistência o culpado se acusa.
- Então tens de pagar o estrago.
- Eu não tenho dinheiro senhor padre.
- Então paga o teu pai.
- Eu não tenho pai.
- Paga a tua mãe!
- Também não tenho mãe...
- Então não tens ninguém? És sozinho no mundo?
- Não! Eu tenho uma irmã mais velha.
- Pronto paga ela.
- Ela também não pode pagar, não tem dinheiro. É freira.
- Não se diz freira; diz-se esposa de Cristo.
- Ah, então o meu cunhado que pague!... 

Um bêbado para uma senhora: 
- Porque é que pôs tanta maquilhagem ?
- Ora, para ficar mais bonita!
- E porque é que não ficou? 

João, 5 anos:
- Oh pai, uma garota com 6 anos pode ficar grávida?
- Claro que não! Que raio de conversa e esta?
- Ai a vaca da Joana que me fez vender os patins para pagar o aborto! 

O avô vê o netinho esfregar o pirilau com as mãos.
- Que é que tu estás a fazer Zézinho?
- Estou a endireitar isto, para fazer um buraquinho neste bocado de barro.
- Ah! - Responde o avô pensativo.
Passado uns dias chega o avô ao pé do neto:
- Toma. Uma caixinha de bombons que te manda a avozinha!... 

Uma garota estava entretida a brincar com o cão.
- Mamã já viste que cada vez que dou um bocadinho de bolo ao Bobi ele dá ao rabo?
- Vê se guardas um bocadinho para a mamã dar ao papá logo à noite!... 

Estava um velhote de gatas a olhar para o chão, chega uma pessoa ao pé dele e pergunta-lhe:
- O senhor perdeu alguma coisa?
- Perdi sim, um caramelo.
- Então e o senhor está aqui de gatas há tanto tempo por causa de um caramelo, que importância pode ter um caramelo.
- É que este tem os meus dentes agarrados!... 

No banco:
- A assinatura do cheque está tremida!
- Claro que está tremida, só nessas alturas é que eu consigo que o meu marido me assine os cheques!... 

Um casal bem que estava um pouco mal de finanças estava a discutir.
- Se você soubesse cozinhar, podíamos dispensar a cozinheira e já era algum que se poupava!
- E se você soubesse fo... podiamos dispensar o jardineiro! 

Vai um homem à caça com a sua sogra. Já na mata, e de repente, um urso sai de um arbusto e ataca violentamente a respectiva sogra.
Esta gritava desesperadamente: - Dispara!... Dispara!...
- Não tenho rolo! - gritou o genro...

Na selva passava-se uma época de grande fome. O rei leão tomou, numa reunião com todos os animais a seguinte decisão: - Para acabar com a fome, vamos acabar com todos os animais pequenos.
Assim se fez, mas a fome continuou!
Nova reunião se fez, e o rei leão tomou então a seguinte decisão: - Para acabar com a fome vamos acabar com todos os animais de boca grande.
Sussurra o hipopótamo: - O crocodilo está fodido! 

 Foi um casal para a sua lua-de-mel, mas o noivo desconhecia por completo o que teria que "fazer". Já no quarto o noivo, muito nervoso, telefona para o seu pai.
O pai, já a par da história diz ao filho: - Calma, presta atenção ao que eu te vou dizer: primeiro tira a tua roupa - e ele tirou; agora tira a roupa dela - e ele tirou; deita-a na cama - e ele deitou; apaga a luz - e ele apagou; e agora atenção, isto é o mais importante, ..., atira-te para cima dela!
Ele atirou-se e deu uma valente cabeçada na mesinha de cabeceira.
Pegou novamente no telefone e disse: - Ai, ..., ai, e agora?
- Agora continua! - disse o pai.
E ele, agora confiante, continuou a dar valentes cabeçadas na mesinha de cabeceira!...

 Estava um preto numa fila de cinema e, já na bilheteira, diz: - Queria um bilhete p'ró Esbélélé!
O empregado vai procurar à lista de filmes e, não encontrando tal filme, diz ao homem:
- Desculpe, mas não temos bilhetes para o Esbélélé.
Desapontado o preto vira-se para trás e diz:
- Ó Esbélélé, não tem bilhete p'ra ti!

 Uma senhora muito rica tinha um papagaio muito bem educado. Um dia ela decidiu baptizar o papagaio em Roma pelo próprio papa. E se o pensou, melhor o fez, mas, como o papagaio detestava voar, este foi de taxi enquanto a sua dona foi de avião.
Durante a viagem a chuva começou a cair e o taxista dá este comentário: - Chove que fode!
O papagaio sussurra: - Ahh...
Chegando a Roma, ainda no taxi, uma vaca cai no meio da estrada. O taxista, vendo que o dono da vaca não a conseguia levantar disse: - Dá-lhe um pontapé na cona que ela levanta-se.
O papagaio sussurra: - Ahh...
Já com a sua dona, o papagaio é então baptizado. Quando o papa despeja água-benta no papagaio, este afirma: - Chove que fode!
A sua dona embaraçada com a situação desmaia.
Afirma de seguida o papagaio: - Dá-lhe um pontapé na cona que ela levanta-se!...

Um fabricante de pregos de nome Garcia, decidiu publicitar a sua marca. Dirigiu-se então a uma agência de publicidade e disse que queria um anúncio algo relacionado com a religião.
No Domingo seguinte quando foi à Missa ouviu da boca do Padre:
- Esse Garcia deveria ser excomungado!
- Porquê? - disse o Garcia.
- Vá lá fora ver. - Disse o Padre.
Garcia foi e viu um grande anúncio mostrando Jesus pregado na cruz e que em baixo dizia:
- Com pregos Garcia, 2000 anos de garantia!
De imediato, Garcia foi à agência de publicidade pedir para mudarem o anúncio.
No Domingo seguinte, o Padre, mais zangado ainda, disse:
- Esse Garcia vai ser excomungado!
- Porquê? - disse Garcia.
- Não sabes? Vai lá fora ver!
Desta vez Garcia encontrou um anúncio que mostrava a cruz bem levantada e Jesus caído no chão, e em baixo dizia:
- Com pregos Garcia, nada disto acontecia!
E mais uma vez Garcia pediu à agência para mudar o anúncio.
No Domingo seguinte, o Padre já fora de si gritava:
- Excomungado sejas Garcia!
Sem precisar de mais palavras, Garcia foi ver o seu novo anúncio. Este, desta vez mostrava a cruz bem levantada e alguns pregos no chão. Em baixo dizia:
- Com pregos Garcia, o filho da puta não fugia!

Último discurso do Papa em português:
- Ontem fo'dia santa!
- Hoje fo'dia de graça!
- Quem criou o Mundo "fo'Deuss"!

Um português, um francês e um inglês fazem uma aposta para ver qual dos três consegue tirar mais leite a uma vaca.
Vai o inglês e tira 30 litros.
Vai o francês e tira 40 litros.
Vai o português e só tira 1 litro.
Diz o português com ar zangado: - Quem é que pôs aqui um boi?

Sabes como é que um etíope foi parar ao pólo norte?
- A brincar ao elástico!

Sabes o que fazem onze pretos encostados a um muro branco?
- Um código de barras!
 
Sabes o que faz um preto com um boné verde?
- Um táxi!

Diz a filha foca à mãe foca:
Hei "mother" foca!
 
Iam duas moscas numa mota. Diz a mosca de trás para a mosca da frente: - Ó pá, pára aí que entrou-me um mosquito para o olho!...

Ia um homem a estrear o seu carro novo quando vê um trolha de bicicleta ao longe na estrada. Para mostrar ao trolha que o seu carro andava muito, acelerou e passou por ele a 120 Km hora. Diminuiu a velocidade mais à frente quando de repente é ultrapassado pelo trolha também a 120 Km hora.
Surpreendido, o homem acelera de novo e ultrapassa o trolha, desta vez a 140 Km hora, mas, de novo é ultrapassado.
Não entendendo mais nada, o homem pára o carro. Surpresa das surpresas, o trolha passa por ele, desta vez de marcha à ré a 140 Km hora. E continua a passar para trás e para a frente, já diminuindo a velocidade até parar à beira do homem do carro.
Diz então o trolha:
- Moço, posso tirar o suspensório que ficou preso na maçaneta da porta.

Lá no velho oeste, John Mauzão entra furioso pelo saloon e pergunta:
- Quem é que pintou o meu cavalo de verde?
Levanta-se um homem forte, aí com 2 metros e, com um ar ainda mais furioso diz:
- Fui eu, porquê?
- Era só para avisar que a primeira demão já secou! - responde John Mauzão.

Porque é que o carro do Samora Machel está cheio de buracos?
- Porque foi pintado à pistola.

Porque é que a casa de Samora Machel é redonda?
- Para que os criados não mijem nos cantos.

 Um míope foi à caça com um amigo. Ao avistar um coelho, diz o amigo:
- Olha um coelho!
- Aonde, aonde? - diz o míope.
- Aponta a arma. Para cima, ...direita, ...direita, ...dispara!
PUM!
O míope disparou e matou o coelho.
Mais à frente, o amigo vê um pássaro. Diz então ao míope:
- Olha um pássaro!
- Aonde, aonde? - diz o míope.
- Aponta a arma. Para baixo, ...esquerda, ...esquerda, ...dispara!
PUM!
O míope disparou e matou o pássaro.
Ao chegar a casa o amigo vê a mulher do míope ao longe a conversar com outro homem, e diz ao míope:
- Olha, a tua mulher está a conversar com outro homem!
- Aonde, aonde? - diz o míope.
- Olha, o homem está a passar-lhe a mão!
- Aonde que eu mato-o. - diz o míope.
- Olha, agora deitaram-se no chão!
- Aonde, caraças? - diz o míope.
- Aponta a arma. Direita, ...direita, ...cima, ...baixo, ...cima, ...baixo, ...cima, ...baixo...

De quantos criados precisa Samora Machel para pintar a casa?
- Mil e um. Um para segurar o pincel e mil para abanar a casa.

Era uma mulher tão beata, tão beata que o padre, ..., fumou-a!

Porque é que os lisboetas são alfacinhas e não saladinhas?
- Porque não têm tomates.

Quantos pretos vivem em África?
- Um. O resto é fotocópia.

 Era uma mulher tão tarada sexual, tão tarada sexual que calçava 38 e comprou uns sapatos 36 só para foder os pés.

Há um coelho tarado sexual que um dia, farto da vida monótona, resolve fugir da quinta onde vivia.
O dono muito aflito vai atrás do coelho, e começa a ver animais caídos pelo chão, e vê o coelho parado numa área deserta, com uma série de abutres a sobrevoá-lo. Vira-se para o coelho e diz-lhe:
- Tás a ver coelhinho, tens a mania que és esperto!
Vira-se o coelho:
- Ah! Deixa-os pousar!

 Dois homens andavam perdidos e esfomeados no deserto à vários dias, quando finalmente vêm uma casa lá no horizonte. Todos contentes, dirigem-se para a casa e tocam à campainha. Da porta surge uma velha muito feia que lhes diz prontamente:
- Pelo que me parece vocês andam perdidos e esfomeados. Eu tenho muita comida lá dentro mas ela só é vossa se vocês fizerem amor comigo!
Um dos homens diz de imediato:
- Não, nunca na vida!
O outro pensa um pouco e diz:
- Oh, é "pito", que se lixe...
Já no quarto o segundo homem ao olhar o corpo da velha arrepende-se da decisão tomada, mas, vendo uma espiga, começa a foder a velha com a espiga sem esta saber.
A velha gritava:
- Ai, ...nunca tive um homem como tu. Vai e come o que quiseres.
O pobre coitado comeu até se fartar até que se lembrou do seu pobre amigo que esperava pacientemente lá fora.
Já lá fora diz-lhe:
- Ó pá, desculpa lá. É que a fome era tanta que eu me esqueci completamente de ti.
- Não faz mal. - responde o amigo - Sabes, há pouco tempo atiraram pela janela uma espiga quentinha, barrada com manteiga, ...ó pá, soube-me tão bem!

Um anão entra num combóio em Ovar pretendendo ir para Aveiro. A meio da viagem apercebe-se que o combóio não pára nas estações. Então pergunta a um senhor que ia ao seu lado o porquê daquilo. O homem diz-lhe:
- Pois não amigo. Isto é um Rápido e só pára em Lisboa.
- Oh! Caramba, o que é que eu vou fazer da minha vida. Isto é um caso de vida ou de morte. Eu preciso parar em Aveiro. - diz o anão.
Então, o homenzinho propõe-lhe que sendo Verão, e como o combóio tem as portas abertas e abranda nas estações, ele pegue nos colarinhos do anão, este comece a dar às pernas e larga-o na estação. E é isso que fazem.
Nessa altura, estava um homem a ler um jornal e, vendo o anão a correr ao lado do combóio, agarra nele, atira-o para dentro e diz-lhe:
- Tá a ver amigo, se não fosse eu você perdia o combóio!

Uma galinha engoliu um elástico e durante oito dias pôs sempre o mesmo ovo!

Duas senhoras da alta sociedade foram fazer um safari. Lá no meio da selva, vêem um nativo a ser engolido por um crocodilo. Vira-se uma para a outra:
- Ai rica, isto é chiquérrimo. Aqui até os sacos cama são 'Lacoste'!

Chega o filho da Inglaterra e pergunta a mãe, senhora um bocado surda:
- Ó filho, de onde vens?
- Venho da Inglaterra. - diz o filho.
- De debaixo da terra! Ai, louvado seja Deus!...
- Ó filho, o que é que tu lá comes?
- Como presunto. - diz o filho.
- Ossos de defunto! Ai, louvado seja Deus!...
- Ó filho, o que é que tu lá bebes?
- Bebo cerveja. - diz o filho.
- Do que a gente 'meja'! Ai, louvado seja Deus!...

Vai um preto num autocarro. O cobrador dirige-se a ele e pede o bilhete, ao que este responde:
- Preto não paga!
- Ai não! - diz o cobrador - Então preto vem comigo até à esquadra.
O preto foi, e, já na esquadra diz o comandante:
- Faça o favor de pagar o bilhete ao cobrador.
- Preto não paga! - diz o preto.
De seguida, o comandante leva o preto a tribunal.
Já no tribunal, diz o juiz:
- O senhor paga ou não paga ao cobrador?
- Preto não paga!... Preto não paga!...
E o preto vai para a cadeia.
Já na cadeia, pergunta o colega de cela:
- Porque é que não pagaste o bilhete?
Responde o preto:
- Preto não paga! Preto tem passe!

Um ladrão ensina o filho a assaltar:
- Filho, quando chegares a um banco dizes: "Homens, carteiras para fora! Mulheres, preparem-se que vão ser violadas!"
No dia seguinte vão assaltar um banco e é a vez do filho experimentar:
- Mulheres, carteiras para fora! Homens, preparem-se que vão ser violados!
- Não é isso! É ao contrário! - resmunga o pai.
Ouve-se então uma vozinha:
- O que está dito está dito!

Uma velhota farta de viver, pergunta a uma amiga qual seria a maneira mais rápida e menos dolorosa de morrer. A amiga, apesar de ser contra o suicídio, diz-lhe que se ela disparasse um palmo abaixo do seio esquerdo, morreria rápido e sem dor.
A velhota assim o fez.
Lê-se no outro dia no jornal:
 "Velhinha suicida-se dando um tiro no joelho!"

Era um homem com tanta caspa, tanta caspa que sempre que chegava a algum lado fazia:
- É Natal! É Natal!

Uma velhota decidiu-se suicidar. Para isso pôs-se de pernas abertas na linha do combóio.
Lê-se no outro dia no jornal:
 "Combóio desaparece misteriosamente na linha de Sintra!"

Havia um preto que sempre que andava de autocarro comprava dois bilhetes. Um dia, o cobrador perguntou-lhe o porquê daquilo.
O preto responde-lhe:
- Ah, eu ser esperto! Se me roubarem um bilhete, eu ter outro.
- Ah, é? Então e se lhe roubarem os dois? - pergunta o cobrador.
- Ah, aí é que eu os lixo. Preto tem passe!

Entra uma mulher numa farmácia e diz:
- Sr. Farmacêutico, dê-me uma compressa.
- Se fosse devagarinho até lhe dava duas!

Era um homem tão magro, mas tão magro que quando usava gravata ela ficava-lhe larga nos ombros!

Há um homenzinho que vai ao médico e queixa-se que tem a voz muito fininha. O médico diz-lhe:
- Para que o senhor tenha voz grossa precisa cortar o pénis.
- Ah! Isso é que não. - responde o homenzinho.
Um dia está a nadar na praia, vê um tubarão e diz:
- Ai um tubaRÃO!

Chega a mãe a casa e, ao ver a filha toda nua diz-lhe:
- Oh minha filha! O que é isso? Toda nua?
Responde-lhe a filha: - Não mãezinha, eu estou vestida para o amor!
A mulher lá resolve fazer o mesmo para o marido. Ele bate à porta, ela abre toda nua e ele diz-lhe:
- Oh Maria, o que é isso? Isso lá é jeito de vir à porta.
- Oh querido, eu não estou nua, estou vestida para o amor! - diz - lhe a mulher.
- E olha lá, não podias ter passado isso a ferro!

Entra um anão num bar. Vendo um balcão muito alto, começa aos saltos:
- Um sumo! Um sumo!
Ninguém aparecia. Ele dá uma volta ao balcão e vê outro anão aos saltos:
- Fresco ou natural? Fresco ou natural?

Um transatlântico começa a afundar-se. Diz o comandante:
- As mulheres vão para o bote da esquerda! Os homens vão para o bote da direita!
Ouve-se uma vozinha lá do fundo:
- Então e eu?! Morro afogado?

Está um cigano à porta de um supermercado juntamente com a mulher e o filho ainda pequeno, a pedir leite. O comerciante, ao ver esta cena triste, decide dar um copo de leite ao cigano.
Este não tem mais nada, pega no copo e bebe o leite todo sozinho.
O comerciante, danado com a cena, diz ao cigano:
- Oh rapaz, então eu dou-te o leite com a esperança que tu o desses ao miúdo e tu bebe-lo sozinho?
- Oh senhor! - diz o cigano - O senhor é que não compreendeu! De manhã, bebo eu o leite; à tarde, a mulher dá o leite ao miúdo; e à noite, eu dou o leite à mulher!

Estão dois cães no veterinário e diz um para o outro:
- O que é que estás aqui a fazer?
- Ena, - responde o outro - soltei-me e, durante três dias andei às cadelas. Agora a minha dona trouxe-me para ser capado. Então e tu?
- Ei, a minha dona andava lá a esfregar o chão de mini-saia, eu vou por trás e...
- E também vais ser capado? - pergunta o outro.
- Não, é só para cortar as unhas!

Uma pulga encontra outra toda friorenta e pergunta-lhe:
- Então, o que é que se passa?
- Olha, - responde-lhe a outra - fui ao cinema e apanhei boleia do bigode de um gajo. Gelei!
- Ena pá! Da próxima vez, faz como eu! Vem nas mamas de uma mulher!
No dia seguinte encontram-se novamente e a pulga lá está de novo a tremer. A outra pergunta-lhe:
- Então, não fizeste o que eu te disse?
- Eu fiz pá. Mas quando acordei já estava no bigode do homem!

Um miúdo entra na farmácia, pede uma caixa de supositórios. O farmacêutico entrega-lhos e diz:
- É para meter na conta da tua mãe?
- Não, é para meter no cu do meu pai! - responde o miúdo.

Estavam dois amigos a conversar e um diz:
- Sabias que li no jornal que de meia em meia-hora é atropelado um homem nesta cidade?
- O quê? - diz o outro - De meia em meia-hora? Coitado do homem!

Há uma cega, tarada sexual que é empurrada para cima de um camião de bananas e grita:
- Calma, calma! Um de cada vez!

Numa família de sádicos diz o filho para a mãe:
- Mãe, não gosto da avó!
- Está bem filho. - responde a mãe - Então come só as batatas!

Sabes como é que surgiu a palavra 'ejaculação'?
Vira-se um chinês para a mulher e diz:
- Vamos fazer amor quelida?
- É já colação!

Como é que se diz 'sogra' em russo:
- Sostórva.

Como é que se diz 'mulher de meia-idade' em russo:
- Pachacha Seminova.

Como é que se diz 'sogra' em japonês:
- Aturatú.

Era um homem tão pequeno, tão pequeno que cuspiu para o ar e morreu afogado!

Entra um bêbado num banco e pede um copo de vinho.
O empregado diz ao bêbado:
- Um copo de vinho?! Mas você sabe onde é que está? Você não sabe ler "Banco Pinto e Sotto Mayor"?
- Ó meu senhor, é mesmo isso que eu quero! Branco, tinto e do melhor!

Sabes o que é que os canibais chamam aos pára-quedistas?
- Toucinhos do céu!

Há um cão com três patas que resolve mijar e cai!...

Um grupo de estudantes gritava numa manifestação:
- Revolução! Revolução!
Mas lá do fundo ouvia-se um que dizia:
- Menstruação! Menstruação!
Os colegas viram-se para o colega e dizem:
- Ó pá, não é menstruação, é revolução!
Responde o estudante:
- Não interessa! É preciso é que corra sangue!

Um brasileiro, ao ver num bar uma brasileira com um anel de brilhantes diz:
- Opa, isso aí é um anel "di'amante"!
Responde a mulher:
- Não, não. Esse aí é de marido mesmo!

Um japonês vai com uma japonesa ao cinema. No meio do filme, o japonês pega na mão da japonesa e coloca-a entre as suas pernas.
Pergunta a japonesa:
- Oh, o que 'sel' isto?
Responde o japonês:
- Um saquinho de 'lebuçados'.
- Oh, está no fim! - responde a japonesa.

Um brasileiro encontra uma garota numa discoteca. A certa altura diz-lhe:
- Ei garota, você quer dançar?
- Não posso cara, vou 'mijá'!
- Tá bom bicha! - diz o brasileiro - Você vai 'mijá' mas volta!
- Não, não! 'Vou-mi' já embora!

Na lua de mel diz o noivo para a noiva:
- Querida, tenho um segredo para te contar. É que eu sou daltónico!
- Querido, - diz a noiva - também tenho um segredo para te contar. É que eu não sou sueca, sou cabo-verdiana!

Um grupo de sádicos decide matar uma avozinha. Juntam-se todos no topo de uma montanha e atiram a velhota.
Desataram-se todos a rir, mas, lá no fundo encontram uma criança a chorar. Vão ao seu encontro e dizem:
- Porque é que estás a chorar? Ainda agora atiramos a tua avó pela montanha abaixo!
- E eu não vi! - responde a criança.

Era um homem tão gordo, mas tão gordo que, quando caiu da cama caiu para os dois lados!

Numa escola de betos pergunta a professora:
- António, diz-me uma flor começada por 'R'.
- Rosa! - diz o António.
- Ai! É óptimo, é óptimo, é óptimo.
- João, diz-me uma flor começada por 'C'.
- Cravo! - diz o João.
- Ai! É óptimo, é óptimo, é óptimo.
- Zezinho, diz-me uma flor começada por 'O'.
- Hum, ...orgasmo! - diz o Zezinho.
- Orgasmo?! Mas orgasmo não é uma flor!
- Mas é óptimo, é óptimo, é óptimo...

Vão dois balões a atravessar o deserto. Diz um para o outro:
- Cuidado com os catoshhh...

 Jesus, quando está pregado na cruz implora:
- Pai, ajuda-me!
E sai o prego da mão esquerda.
- Pai, ajuda-me!
E sai o prego da mão direita.
Logo de seguida ele cai para a frente e grita:
- PAI!!!...

Era um homem tão alto, tão alto que quando comia um iogurte ele chegava ao estômago já fora do prazo!
 

Um índio estava noivo de uma mulher de raça branca. O pai da noiva, que era contra o noivado, diz ao índio:
- Índio, para casar com minha filha, tem que ter piroca de 2 metros.
Responde o índio:
- Não faz mal! Índio corta!

 Há dois G.N.R.s do norte que vão apurar as causas de um acidente. Então vira-se assim o cabo para o praça:
- O senhor vai apontando que eu vou tirando as medidas possíveis.
Diz ele assim o cabo:
- Embate de uma vítima de um veículo ao outro: 20 metros.
E o praça aponta.
- O corpo da vítima: 10 metros ao longo do eixo da via.
E o praça aponta.
- Cabeça da vítima em cima do 'pacheio'.
Diz o praça:
- Nosso cabo, 'pacheio' é com dois 's' ou com 'c' de cedilha?
- Então seu burro, você vem para a guarda sem saber escrever 'pacheio'. Ora 'pacheio', 'pacheio'...
Dá um pontapé na cabeça e escreve:
- Cabeça da vítima no meio da estrada!

Um homem estava a fazer chichi na piscina. O guarda vem ter com ele e diz:
- O senhor vai ter que se ir embora da piscina!
- Porquê? - diz o homem.
- Porque o senhor estava a fazer chichi na piscina.
- Mas toda a gente faz!
- Mas o senhor é o único que está a fazer chichi da prancha!

Entre dois amigos:
- Sabes, quando eu era pequenino o meu pai tinha a mania de mandar ao ar para adormecer.
Diz o outro:
- Ai era! E tu adormecias?
- Claro! O tecto era baixíssimo!...

Sabes o que se encontra debaixo de um tapete de um manicómio?
- Um doido varrido!

Num bar de vampiros, pede um vampiro ao barman:
- Queria um bule cheio de água quente!
Um outro vampiro, ao ver este pedir uma coisa tão estranha diz-lhe:
- Um bule com água quente?! Então não vais pedir nada com sangue!
Responde-lhe o vampiro retirando um penso higiénico usado do bolso:
- Já não se pode beber um chazinho em paz!

Chega um homem danado a casa e diz à mulher:
- Maria, o namorado da tua filha escreveu o nome dela com chichi no muro!
Responde a mulher:
- Ó homem, deixa lá. Tu também costumavas fazer isso quando eras mais novo!
- É, mas está com a letra dela! - responde o marido.

Entre amigos:
- É pá, sabes que descobriram um canibal vegetariano!
- Ó pá, não pode ser! - diz o outro.
- É verdade! Ele come plantas dos pés, raízes dos cabelos e tomates!

Um ciclista, durante uma prova de montanha caiu e, como consequência da queda e feriu os testículos. Foi ao médico e este retirou-os para tratar da fractura. Um gato que andava por ali, ao ver um petisco, come-os. O médico todo aflito, pensa:
"Já sei! Vou substituir os testículos do gajo por cebolas. Provavelmente ele irá morrer mais cedo ou mais tarde, mas pelo menos morre descansado."
Assim o fez e o ciclista foi embora.
Um ano depois ao ver o ciclista de boa saúde, diz o médico admirado:
- Sim senhor, pelos vistos o acidente não lhe trouxe mais problemas?!
- Não! - responde o ciclista - Só há uma coisa, cada vez que a mulher me faz um broche, põe-se a chorar!

Há uma rapariga que entra na igreja, e chega quase na altura do padre acabar as confissões.
O padre ficou muito zangado e disse:
- Então vá lá menina. Eu já estou muito cansado, diga lá o que quer!
A rapariga pôs-se de joelhos e confessa:
- Senhor padre, eu namoro já há alguns anos e cometi um grande pecado.
- E qual foi esse pecado? - disse o padre.
- Sabe, ele deu-me a mão...
- Mas isso não é pecado nenhum!
- Depois demos uns beijinhos...
- Isso também não é pecado!
- E fizemos amor!
- Isso também não é pecado, apesar de serem só namorados!
- Pois é, mas ele fez amor de uma maneira diferente, que não é usual. Fez amor anal!
E então ela começou a ouvir ressonar. Viu que o padre estava a dormir e foi-se embora.
Ia a sair e entra um homossexual  todo à pressa para se ir confessar. Diz ele:
- Ai, já está quase na hora!!!
E quando se ajoelhou na sacristia acordou o padre, que diz:
- Então fez amor anal e depois?!
- Ai, até parece que o homem é bruxo!!! - diz o homossexual

Estava um padre numa igreja, quando entra uma jovem muito bonita que diz:
- Padre, possua-me!...
O padre, que era muito dedicado à vida sacerdotal diz:
- Não posso! Dediquei a minha vida a Deus, e tenho que resistir aos prazeres terrestres!
Nisto, a jovem tira sua roupa e diz:
- Padre, possua-me!...
- Meu Deus, o que hei-de fazer?! - invoca o padre, já cheio de dúvidas.
Ouve-se então esta voz:
- Tira-me os pregos!!!

Um miúdo, ao ver uma mulher grávida, aponta-lhe para a barriga e pergunta:
- O que é isto?
- É o meu filhinho! - responde a mulher.
- E tu gostas dele?
- Gosto!
- Então porque é que o comeste?

No consultório de um dentista pergunta a filha, ainda pequena, ao pai:
- Pai, o que é merda?
O pai, um bocado nervoso responde:
- Bem, merda é... tapete!
- E caralho? - continua a filha.
- Bem, caralho é... cadeira!
- E colhões?
- Colhões é... dentes!
No outro dia, estando o pai ausente, chega um paciente. Diz-lhe então a pequena:
- Olhe, limpe os pés na merda, sente-se no caralho que o meu pai vem-lhe já arrancar os colhões! 

Samora Machel, homem muito dedicado à ciência, decide fazer a seguinte experiência: pegou numa rã, cortou-lhe uma das patas e disse-lhe:
- Rã, salta!
E a rã saltou. Resultado da experiência: "Rã com três patas salta!"
Cortou mais uma das patas à rã e disse:
- Rã, salta!
E a rã saltou. Resultado da experiência: "Rã com duas patas salta!"
Cortou mais uma pata à rã e disse:
- Rã, salta!
E a rã saltou. Resultado da experiência: "Rã com uma pata salta!"
Cortou a última pata à rã e disse:
- Rã, salta! - e nada. - Rã, salta! - e nada.
Resultado da experiência: "Rã sem patas é surda!"

Samora Machel, vem visitar Portugal. No avião estava muito calor e diz então o Samora para o Mário Soares:
- Ó Mário! Português ser mesmo burro!
- Então porquê? - diz o Mário.
- Então com um calor destes metem as ventoinhas do lado de fora!
 

Estava um velhinho a pedir juntamente com o seu cão. Atrás deles tinha uma placa que dizia: "Dê uma esmola ao ceguinho!". As pessoas que passavam tinham pena da cena e davam-lhe dinheiro.
Um ladrão que andava por ali, ao ver o chapéu do velhinho recheado de dinheiro decidiu arriscar a sua sorte. Mas, ao pôr a mão no chapéu do homenzinho, este pega na sua bengala e acerta na mão do ladrão. Este grita:
- Ai! Mas o senhor não é ceguinho?!
- Não! Cego é o cão! - responde o velhinho.

Uma rapariga nova casou-se com um senhor já com uma certa idade. Ao fim de um certo tempo de casada, a rapariga foi ao médico e pediu-lhe para passar qualquer tratamento para o marido, já que este chegava muito cansado a casa, deitava-se e dormia. Disse então o médico:
- Olha, levas estas gotas. Pões na sopa do teu marido e ele fica curado.
Chegou a casa e disse à criada:
- Pões três pingos disto na sopa do patrão, mas não dizes nada!
Na hora do jantar diz a senhora para a criada:
- Maria, serve a sopa!
A criada foi para e cozinha. Nisto a senhora ouve a criada a rir. Diz ela então:
- Maria, serve a sopa!
E quanto mais a senhora chamava, mais a criada ria.
A senhora vai então à cozinha e pergunta:
- O que é que se passa Maria?
- Sabe o que é senhora? - diz a criada - Cada pingo que eu ponho na sopa, o esparguete põe-se de pé! 

Numa aula, diz a nova professora aos alunos:
- Bom dia, o meu nome é Valgina! Decorem bem este nome porque amanhã eu vou perguntar!
No dia seguinte pergunta a professora ao Zezinho:
- Tu, menino! Qual é o meu nome?
O Zezinho, que estava distraído no dia anterior, responde:
- Hum, ..., já sei! Colna!

Diz o filho para a mãe:
- Mãe, os meninos da minha escola dizem todos que eu tenho os dentes muito grandes!
- Não te preocupes! - diz a mãe - Mas já agora levanta a cabeça que me estás a arranhar a alcatifa!
 

Sabes qual é a diferença entre um acidente e um desastre?
- A minha sogra cai a um poço. É um acidente!
- Foi lá um bombeiro e salvou-a. É um desastre!

 Um dia a madre superior de um convento manda reunir todas as noviças e diz-lhes:
- Hoje passei pela carpintaria e a porta estava aberta!
Todas: - Ah!...
E uma lá atrás: - Hi, hi, hi...
- E mais, estava um preservativo no chão!
Todas: - Ah!...
E uma lá atrás: - Hi, hi, hi...
- E o preservativo estava usado!
Todas: - Ah!...
E uma lá atrás: - Hi, hi, hi...
- Mas, o preservativo estava furado!
Todas: -  Hi, hi, hi...
E uma lá atrás: - Ah!...

Como é que se diz 'azeiteiro' em espanhol?
- "Ólió"!

Sabes qual é o cúmulo da estupidez:
- Assinar cartas anónimas.

Estavam dois malucos pendurados numa árvore. De repente um cai e o outro pergunta:
- Então, escorregastes?
- Não, ...caí de maduro!
 

Dois maricas encontram-se e dizem um para o outro:
- Ó mano, o que é que tens? Andas tão amarelo!
- Tenho andado doente!
- Então não foste ao médico?
- Fui!
- E o que é que ele receitou?
- Umas porcarias! Uns supositórios!
- Ai, mano! Guloseimas, guloseimas!...

Diz o miúdo para a mãe:
- Ó mãe, os miúdos lá da escola todos dizem que eu tenho os pés grandes!
- Ó filho isso é mentira! Mas vai tirar os sapatos da garagem que o teu pai quer ir lá pôr o carro!

Estava um malandreco de Lisboa a apanhar o 34, e ao ver o autocarro cheio pergunta ao motorista:
- Ó amigo, a Arca de Noé já está cheia?
- Não, não, falta o burro! Já podes entrar! - responde o motorista.

Depois de meter todos os animais na Arca, o Noé, ao ver entalados na porta dois grandes pares de tomates, pergunta:
- De quem é isto?
Diz a formiga para o formigo:
- Diz que é teu! Diz que é teu!

A seguir à noite de núpcias:
- Ó filho, essa coisa que tens aí é a mesma que usaste ontem à noite?
- É sim, amor!
- Ó pá, gastou-se tanto!...
 

O filho de um ferroviário vai à escola pela primeira vez. Ao ver as cadeiras, diz ele zangado:
- O quê, 1ª classe e bancos de pau?!

Diz uma rapariga para a outra:
- Eu penso!
E a outra:
- Eu tampão!

Logo após a chegada dos americanos à lua, um grupo de astronautas soviéticos decidiu ir também a um sítio onde ninguém tinha ido antes. Decidiram ir ao sol.
Quando contaram isso ao chefe deles, este disse:
- O quê?! Ir ao sol! Vocês estão tolos! Vocês não vêem que se vão queimar todos?!
- Não se preocupe! - responderam eles - Nós vamos de noite!...

Diz o filho para a mãe:
- Ó mãe! Sabias que o avô sabe uivar?
- Não sejas parvo! - diz a mãe!
- Sabe, sabe! Anda ver!
Diz então o filho para o avô:
- Ó avô, há quanto tempo não vai à avó?
- Auuu!...

Diz o filho para a mãe:
- Ó mãe! Os meninos da minha escola dizem que eu sou cabeçudo!
- E tu não vais atrás deles? - diz mãe.
- Não posso! Eles metem-se por ruas muito pequeninas!

Durante a guerra entre a China e a Rússia, os chineses colocaram-se todos seguidinhos ao longo da fronteira, enquanto os russos os olhavam sem perceber o que estes pretendiam.
Diz então o general chinês aos seus homens:
- Virar costas!
E os chineses viraram...
- Baixar as calças!
E os chineses baixaram...
O general russo disse logo:
- Aproveitar!!!
E os russos foram de imediato aproveitar-se da situação.
De seguida, diz o general chinês:
- Fechar o traseiro e trazer os prisioneiros!

Diz o pai para o filho:
- Filho, o que é que vais pedir ao Pai Natal?
- Um tampão!
- O que é isso?
- O que é não sei! Mas dá para correr, saltar, nadar e andar a cavalo!

Pergunta uma senhora ao médico:
- Sr. doutor, o que é que eu faço para não engravidar mais?
- Beba um copo de água! - diz o médico.
- Mas antes de ..., ou depois de ...?
- Em vez de ...!

Numa escola primária, todos os dias a seguir ao almoço, a professora perguntava aos alunos o que estes haviam comido.
Virava-se para o Joaquim e perguntava-lhe:
- Ó Joaquim, o que é que comeste hoje?
- Bife com batatas fritas! - respondeu o Joaquim.
- Muito bem, e tu Zezinho?
- Comi umas costeletas! - respondeu o Zezinho.
- Muito bem, e tu ciganito?
- Eu comi sopa! - respondeu o ciganito.
- Muito bem!
E durante toda a semana o ciganito respondia sopa até que este, já zangado, diz à mãe:
- Ó mãe, a minha professora pergunta sempre o que é que a gente come e só eu é que como sopa.
- Está bem filho, amanhã dizes à professora que comeste faisão! - diz a mãe.
No outro dia, depois de a professora perguntar aos outros miúdos, chega a vez do cigano:
- Então ciganito, o que é que comeste hoje?
- Ah, eu hoje comi faisão!
- E olha lá, comeste muito? - continua a professora.
- Ah, três malgas!

Sabes o que é um pionés?
- É um 'smartie' excitado!

Há um canibal que apanha um avião. Durante o voo, vem a hospedeira e pergunta-lhe:
- O senhor deseja a ementa?
- Não, traga-me antes a lista dos passageiros!
Está um rapaz em casa da namorada. Pergunta-lhe então a mãe da namorada:
- O senhor está com frio?
- Não, porquê?
- É que o senhor está com pele de galinha!
- Ora essa! A senhora também tem cara de vaca e eu nunca lhe disse nada!

Deus chama todas as mulheres viúvas ao céu e diz-lhes:
- Toda aquela que foi infiel ao seu marido, dê um passo em frente!
Deram todas, menos uma. Jesus levanta-se e diz:
- São Pedro, vá buscar a surda!

Num manicómio, um indivíduo vai visitar um parente afastado e aparece-lhe, ao fundo do corredor, um maluco com uma faca na mão. O homem entra em pânico e começa a correr. O homem correu, correu, até que chegou a um sítio onde não tinha mais saída.
O maluco encosta-lhe a faca ao pescoço e diz-lhe:
- Agora, ...tome lá a faca e corra você atrás de mim!

Sabes qual é a diferença entre um homem que suicida, atirando-se do 11º andar e o outro que se atira do 1º andar?
- É que o homem que se atira do 11º andar faz assim:
"Ahhh...! Poft!"
- E o que se atira do 1º andar faz:
"Poft...! Ahhh!"

Havia uma família de ciganos que o marido chegava a casa e os filhos estavam todos a chorar com fome. E a mulher dizia sempre assim:
- Então Joaquim, o que trouxestes hoje p'ra gente comer?
- Não trouxe nada!
- Então os miúdos estão a chorar com fome?!
- 'Peraí' que eu vou já resolver! Chama lá o mais 'pecanino'!
Ele puxa uma cadeira, pôs o miúdo ao colo e diz:
- Então filho?! O que é que dizias agora a um bife com batatas fritas?
- Ai, meu pai! Era tão bom!
- Ah, então depois uma sopa assim bem quentinha?!
- Ai, era uma maravilha!
- Ah, e depois da sopa assim um gelado?!
O miúdo não disse nada. O cigano, ao ver que este já estava a dormir diz:
- Maria, traz-me outro que este já jantou!

Era um cigano, mais a família e o pai diz assim para a mulher:
- Maria, temos que jogar no totoloto p'ra nos sair um seis e p'rá gente comprar uma trotinete!
O mais novo diz assim:
- Ah, eu vou ao lado do pai!
O mais velho manda um grande estalo no mais novo, empurra-o e diz:
- Ah, eu sou o mais velho e por isso eu vou ao lado do pai!
A mãe, que era a dona da casa, manda um estalo no mais velho, empurra-o e diz:
- Ah, eu sou a dona da casa e por isso eu é que vou!
O cigano, já irritado com tudo aquilo diz:
- Saem já todos fora do carro!

O filho índio pergunta ao pai índio:
- Pai índio, pai índio, porque que nós índios não ter os nomes como os brancos? Porquê eu não ser António; porquê tu não seres José; a mãe Maria e irmã Angélica?
- Filho índio! Nós índios ser diferentes dos brancos! Porque no momento do nascimento nós olhar p'rá Mãe Natureza. É por isso que a tua mãe se chama "Lua Cheia" e tua irmã "Chuva". Percebestes "Preservativo Roto"? 

Havia um senhor com uma grande cárie. Um dia foi ao dentista e ele disse-lhe:
- Mas que grande buraco que o senhor tem!... Mas que grande buraco que o senhor tem!... Mas que grande buraco que o senhor tem!
- Tá bem, mas escusa de repetir! - diz o homem.
- Eu não repeti! O que você ouviu foi o eco!...

Numa farmácia do Entroncamento, entra um senhor e dirige-se ao empregado:
- Bom dia, eu queria um comprimido!
O empregado vai lá dentro e traz-lhe um comprimido aí com meio-quilo.
- Então! - diz o senhor - Apresenta-me isto?!
- Oh meu senhor, aqui no Entroncamento é tudo à grande! - diz o empregado.
- Olhe, já agora, queria um pacotinho de algodão!
E o empregado traz-lhe um pacote enorme de algodão.
- Ena!!! - diz o senhor.
- Oh meu senhor, eu já lhe disse! Aqui no Entroncamento é tudo à grande!
O empregado faz-lhe a conta e pergunta-lhe:
- Olhe! E não queria mais nada?
- Olhe, eu queria supositórios mas eu vou comprar a Lisboa!

Há um comandante da Marinha que está a descer uma Avenida. Encontra uma "menina da rua" e pergunta-lhe:
- Olhe, desculpe! Quanto é que a menina leva pela minha companhia?
- Olhe, pela sua companhia, ...quinhentos escudos!
Diz então o comandante:
- Companhia! Avante!...

Diz um político numa manifestação:
- Eu sim! Eu sou um político incorrupto! Por estes bolsos, não passou dinheiro desonesto!
Diz a plateia:
- Ena, comprou um fato novo!

Um homem, ao ver o gato do vizinho andar sempre de um lado para o outro, pergunta ao vizinho:
- Ó vizinho, o seu gato anda doente?
- Não! É que ele foi capado e agora anda a desmarcar compromissos!

Sabes como é que os ouriços-cacheiros se reproduzem?
- Muito devagarinho e com muito cuidado!

Uma senhora ao telefone:
- Está, de onde fala?
- É da sapataria!
- Ó desculpe, enganei-me no número!
- Não se preocupe! Passe por cá logo que nós trocamos!

Diz a mãe para a filha:
- Ó filha, tu gostas do teu namorado?
- Gosto! Ele até me chama: minha gatinha; minha coelhinha!
- Pois é! Mas depois os animais vão crescendo. É minha vaca, minha baleia!...

Sabes porque é que as vacas têm pintas pretas e pintas brancas?
- Por causa do fato de banho!

 Durante a guerra do golfo um americano, um inglês e um alentejano encontram-se. Diz o americano, mostrando uma cicatriz no braço:
- Isto foi, Kwait City!
Diz o inglês, mostrando uma cicatriz na perna:
- Isto foi, Bagdad City!
Diz o alentejano, mostrando uma cicatriz na barriga:
- Isto foi, 'apendiciti'!

Pergunta a filha à mãe:
- Ó mãe, com 5 anos podemos engravidar?
- Claro que não! - responde a mãe.
- Yes, yes!...

Vai um miúdo à pastelaria e pergunta:
- Ó senhor Joaquim, as migalhas pagam-se?
- Oh, que disparate rapaz! Então as migalhas pagam-se?!
- Então esmigalhe-me aí meio-quilo de bolinhos!

Uma senhora vai ao médico queixando-se de uma dor intensa. Já no consultório diz-lhe:
- Sr. Dr., dói-me muito o peito!
- Olhe, - diz o médico - você leva estes comprimidos e vai ver que amanhã já não tem dor nenhuma.
No outro dia, ainda com muitas dores, a mulher torna a ir ao médico. Diz-lhe ela de novo:
- Sr. Dr., dói-me muito o peito!
- O quê, mesmo depois dos comprimidos que lhe dei?!
- Sim senhor!
- Então agora leva estas cápsulas, que amanhã de certeza não terá dor nenhuma!
A mulher levou mas de nada adiantou! No dia seguinte lá está a mulher de novo:
- Sr. Dr., dói-me muito o peito!
O médico, já desconfiado, pergunta-lhe:
- Ó minha senhora, diga "cabrito"!
- "Cabreito"!

Numa convenção sobre a sexualidade, o orador faz esta pergunta ao público:
- Quem é que daqui, faz amor todos os dias?
Várias vozes se fizeram ouvir:
- Eu! Eu! Eu!...
De seguida, continua o orador:
- Quem é que daqui, faz amor uma vez por semana?
Algumas vozes responderam:
- Eu!... Eu!... Eu!...
- E quem é que daqui, faz sexo uma vez por mês?
- Eu!... Eu!...
E quem é que daqui, faz amor uma vez por ano?
Ninguém respondia. Nisto surge um homem lá do fundo que gritava todo contente:
- Eu! Eu faço amor uma vez por ano! Eu!...
Diz-lhe então o orador:
- Então o senhor faz amor uma vez por ano e está todo contente?
- É que calha hoje!... - responde o homem.

Telefonam para o director da escola e dizem:
- Senhor director, o meu filho encontra-se doente e hoje não pode ir à escola!
- Tudo bem! Tudo bem! Mas com é que estou a falar? - pergunta o director.
- É..., é com o meu pai!

Há um culturista que está a mirar-se ao espelho e repara que está todo bronzeado, menos numa parte. Resolve ir para a praia, enterrasse todo na areia e deixa de fora apenas a parte onde não está bronzeado. Entretanto passam duas velhotas e diz uma para a outra:
- Olha para isto Emengarda! Não há justiça no Mundo! Aos dez anos eu tinha medo disto; aos vinte anos eu andava curiosa sobre isto; aos trinta anos eu gozei-o; aos quarenta eu perdi-o; aos cinquenta, eu cheguei a pagar por isto; aos sessenta anos, eu cheguei a rezar por isto; aos setenta anos, até me cheguei a esquecer disto; e agora, que já tenho oitenta anos, estas porcarias até crescem assim na areia!

São Pedro precisava de almoçar e pediu a Jesus Cristo que ficasse no lugar dele por uns momentos. Nisto, entra nas portas do Céu um velhinho, e Jesus pergunta-lhe:
- Então, vamos lá saber quem és tu?
E o velho:
- Não sei, ...eu já sou muito velhinho e já não me lembro de nada. A única coisa que me lembro é que eu era carpinteiro e que o meu filho ficou muito famoso.
Então Jesus gritou emocionado: - Pai!!!
E o velho: - Pinóquio!!!

Uma velhinha foi às Caldas da Rainha, e quando lá ia levava sempre uns rebuçadinhos para casa. Nisto ela vê uma série de meninas numa fila para a casa das meninas para ir à revista. Pergunta a velha a uma das meninas:
- Olhe desculpe! As meninas estão aqui na bichinha para os rebuçadinhos?
E a menina, malandra, responde:
- Estamos sim! Meta-se na bicha!...
A velha meteu-se na bicha e quando chegou à sua vez, o doutor, ao ver a velha diz-lhe:
- A senhora com essa idade?! Não tem vergonha?!
- Então porquê, senhor doutor? Não os posso roer mas chupo-os!...

A primeira vez que uma minhoca viu um prato de esparguete, exclamou excitada:
- Ena, que grande bacanal!

Sabes como é que se mantêm as pessoas em suspense?
- Depois eu conto!

Vinham três bêbados a discutir que, se fossem primeiros ministros, qual seria o preço do vinho.
Vira-se o primeiro:
- Eu, se fosse primeiro ministro, o litro do vinho custava 5 paus!
- Ena, ...é muito caro! - responderam os outros.
Vira-se o segundo:
- Eu, se fosse primeiro ministro, o litro do vinho custava 15 tostões!
- É muito caro! - responderam os outros.
Vira-se o terceiro:
- Eu, se fosse primeiro ministro, o litro do vinho custava 5 tostões!
- É pá, porreiro! - responderam os outros.
E fizeram logo uma festa. Agarraram-se uns aos outros e nisto caíram.
Vira-se o terceiro bêbado:
- Porra, agora que eu estava a gostar deste governo é que ele caiu!...

Dois espanhóis encontram-se e um deles, ao ver o amigo todo vestido de preto pergunta:
- "Qué passa hombre?"
- "Mi padre morreu!" - responde o outro.
- "Morreu?! Dé qué?"
- "De febre amarilla!"
- "Amarilla?! Qué bela color!"

Um português entra num restaurante em Espanha e pede o prato-do-dia. Passado algum tempo, o empregado traz-lhe um prato com duas bolinhas grandes. O português, não sabendo o que aquilo era, pergunta:
- O que é isto?
Responde o empregado:
- Você conhece as touradas?
- Conheço!
- No fim, o touro é morto e são-lhe tiradas as bolinhas!
- Ah!... - responde o português.
O português comeu e gostou muito. No outro dia o português voltou ao restaurante e pediu o mesmo prato, mas, desta vez o empregado traz-lhe um prato com duas bolinhas pequenas. Intrigado o português pergunta:
- Então, ontem as bolinhas eram grandes e hoje já são pequenas?!
- É que nem sempre ganha o toureiro! - responde o empregado.

Um casal tinha um filho muito gago que só falava bem a cantar. Um dia, ele foi com o pai ao cemitério e pelo caminho uma mota atropelou o pai. Aflitíssimo, o filho vai a casa contar à mãe:
- Ó m-m-mãe, o p-p-pai f-f-foi...
- Fala a cantar, meu filho! - diz a mãe.
- Ó í ó ai, o meu pai atropelou-se!!!

No Brasil:
- Doutor, doutor, me dá uma injecção anti-britânica!
- Anti-britânica que nada. Injecção anti-tetânica.
- Que nada, doutor. Foi com uma chave-inglesa!

Uma senhora foi mordida por um cão e foi ao médico. No consultório pergunta-lhe o médico:
- A senhora já levou alguma contra o tétano?
- Bem, contra a parede já levei muitas, mas contra o tecto nunca levei nenhuma!

Um polícia vai a perseguir um senhor que conduzia muito bêbado. Quando finalmente o consegue fazer encostar à berma, pergunta:
- Então o senhor não viu as setas?
O homem que estava tão bêbado responde:
- Setas, ...que setas?! Eu nem sequer vi os índios!

Na Madeira, chega um menino à beira da professora e diz:
- Sra. Professora, a minha coelha teve cinco coelhinhos e são todos P.S.D.!
- Muito bem! Olha, amanhã vem cá o Sr. Alberto João Jardim e tu contas-lhe essa história. Está bem?
- Está bem! - responde o menino.
No dia seguinte, o Alberto João Jardim vai visitar a escola e, como combinado, a professora chama o menino. O menino dirige-se à beira do presidente e diz:
- Sr. Presidente, a minha coelha teve cinco coelhinhos e dois são do P.S.D.!
- Então, - diz intrigada a professora - não eram os cinco?
- Eram, ...mas três já abriram os olhos!

Sabes qual é o animal mais infeliz do Mundo?
- É o boi! Porque passa uma vida inteira com um par de cornos e depois de morto ainda lhe chamam vaca!

Um senhor de nome Alsarino tinha a mania que era o homem mais famoso do Mundo. Certo dia, armou uma discussão com um amigo que estava farto dessa mania. Dizia o Alsarino:
- Eu sou o homem mais conhecido do Mundo!
- Não és nada. - dizia o amigo.
- Sou! Eu até conheço o presidente da América.
- Não conheces nada.
- Conheço. Vamos então à América.
Foram à América e na Casa Branca o Alsarino pediu para falar com o presidente. Quando este soube o Alsarino lá estava, recebeu-o de imediato e desculpou-se pela demora.
O amigo, impressionado, disse:
- Mas tu conheces mesmo o presidente da América! Mas não chega. Preciso de mais provas.
- Eu também conheço o presidente da França! - diz o Alsarino.
- Não conheces nada.
- Conheço. Vamos então a França.
Em França, pediu para falar com o presidente que, poucos segundos depois, o recebeu como a um amigo pessoal.
Diz o amigo:
- Mas tu conheces mesmo o presidente da França. Mas preciso de mais uma prova.
- Eu também conheço o Papa.
- Não acredito.
- Vamos então a Roma.
Chegaram a Roma e o Papa estava numa varanda a dar uma missa. Diz então o Alsarino:
- Olha, tu ficas aqui enquanto eu vou lá a cima ter com o Papa.
- Está bem.
Quando ele chega lá acima, para testar a fama do Alsarino, o amigo pergunta a uma pessoa que estava a seu lado:
- Olhe, você sabe quem é aquele senhor que está lá em cima?
- Aquele ali é o Alsarino, mas aquele senhor que está de bata branca à beira dele não sei que é!

Dois amigos conversavam:
- Ó pá, andas tão abatido ultimamente. O que é que se passa?
- Lembras-te daquele safari que eu fiz em África?
- Lembro.
- Um dia à tarde, eu estava à beira de uma árvore, veio um gorila por trás e..., violou-me.
- Ó pá, esquece isso! São águas passadas!
- Pois mas,... nem um postal, nem uma carta!...

Vai uma francesa num autocarro pelo Alentejo. Nisto, numa travagem brusca, ela cai ao chão com as pernas abertas. Diz a francesa a um alentejano que estava a seu lado:
- "Ces't la vie!"
Diz o alentejano:
- "Se la vi?... Vi-la toda!"

Um inglês, um francês e um português discutiam qual seria a coisa mais rápida do Mundo.
Diz o inglês:
- A coisa mais rápida do Mundo é a luz!
Diz o francês:
- Não é nada. A coisa mais rápida do Mundo é o pensamento!
Diz o português:
- Não é nada. A coisa mais rápida do Mundo é a caganeira! Porque quando a temos, não há tempo p'ra pensar nem para acender a luz!

Como é que se diz 'S.I.D.A.' em japonês?
- "Irokumata".

Porque é que as galinhas não têm maminhas?
- Porque os galos não têm mãozinhas!

Chega um puto de sete anos a casa e diz ao pai:
- Ó pai, hoje tive a minha primeira experiência sexual!
- Ena! - diz o pai - Com sete anos... até pareces o teu pai! Senta-te aqui e conta lá como foi.
- Agora não!... Ainda me dói o cu!...

Num barco vindo de Espanha com destino a Portugal, um espanhol encontrava-se sentado nos bancos do barco e junto a ele havia uma maleta, também a ocupar um lugar.
Um português, que se encontrava de pé, ao ver a maleta diz ao espanhol:
- Olhe, desculpe! Podia tirar a maleta do banco para eu me poder sentar?!
Responde o espanhol (quase a cantar):
- "Io no quito la maletaaa... Io no quito la maletaaa... Io no quito la maletaaa..."
Continua o português:
- Já sei que sabe cantar, mas a viagem ainda dura algumas horas e eu quero-me sentar!
- "Io no quito la maletaaa... Io no quito la maletaaa... Io no quito la maletaaa..."
- Vá, já estou a ficar irritado! Ou você tira daí a maleta ou eu atiro-a borda fora!...
- "Io no quito la maletaaa... Io no quito la maletaaa... Io no quito la maletaaa..."
O português, já fora de si, pega na maleta e atira-a borda fora.
Nisto continua o espanhol:
- "La maleta no era miaaa... La maleta no era miaaa... La maleta no era miaaa..."

Uma família tinha um cão chamado Tátá. Um dia a mulher estava em casa e disse:
- Tátá, ...o sofá!
- Uof...
E o Tátá comeu o sofá.
Continuou a mulher:
- Tátá, ...a televisão!
- Uof...
E o Tátá comeu a televisão.
Mais tarde chega o marido a casa e, não vendo o sofá e a televisão, pergunta à mulher:
- Ó mulher, onde é que está o sofá e a televisão?
- Foi o Tátá! - responde a mulher.
- Foi o Tátá os tomates!
- Uof...

Sabes o que diz a chave para a fechadura?
- Oi gata! Vamos dar uma volta?...

 Um dia um milionário teve um grande problema. Começava-lhe uma dor nas costas, subia-lhe pela espinha acima e acabava-lhe na nuca. Resolve ir a médicos e a solução era sempre cortar o sexo; vai à Suíça e a solução era cortar o sexo; vai a Londres e a solução era cortar o sexo; correu a América toda e a solução era cortar o sexo.
Refugia-se então na sua ilha e resolve cortar o sexo. Cortou e passados uns anos vai a terra comprar roupas. Chega a uma loja de moda e dirige-se à empregada e pede:
- Ó minha senhora, eu quero uns slips, ...nº 36!
A rapariga olha para o homem e diz-lhe:
- Ó meu caro amigo! Para si os slips são do nº 38!
- Mas qual 38?! Ó minha senhora, o meu nº é o 36!
- Não, não! Eu já ando à muitos anos nisto e sei que pela sua configuração, o seu nº é o 38!
- Mas eu sempre usei o sempre usei o 36!
- Sempre usou o 36?! Então escute uma coisa, nunca lhe deu uma dor que começava nas costas, subia-lhe pela espinha acima e acabava-lhe na nuca?!

A professora chega à aula sem cuecas e pergunta ao Zezinho:
- Zezinho, diz-me o nome de três estados do Brasil.
O puto pôs-se a olhar para as pernas da professora e diz:
- Bela Vista!... Pernambuco!... Mato Grosso!...

Vira-se a Virgem Maria para S. Pedro, que tinha as chaves das portas do Céu.
- S. Pedro, amanhã posso ir a França?
- Podes, mas tens que chegar até à meia-noite, meia-noite e meia e depois contas o que se passou!
Chega à meia-noite:
- Toc! Toc!
Diz o S. Pedro:
- Quem é?
- Sou eu! A Virgem Maria!
- Então?! Como é que foi lá a França?
- Ó pá! Espectacular! A torre Eifel, o Louvre, ..., lindo, lindo... Ó pá! S. Pedro, amanhã posso ir a Inglaterra?
- Podes, pois! Mas já sabes, meia-noite, meia-noite e meia, e depois contas como foi!
Chega à meia-noite e meia:
- Toc! Toc!
- Quem é?
- Sou eu! A Virgem Maria!
- Então?! Como é que foi lá a Inglaterra?
- Ó pá! Lindo! O Big Ben, o Palácio de Buckingham, .... S. Pedro, amanhã posso ir a Portugal?
- Ó pá, podes! Mas chega mais ou menos a esta hora, não chegues mais tarde que a meia-noite e meia!
Chega à meia-noite, ...meia-noite e meia..., uma..., duas..., três..., quatro...:
- Toc! Toc!
- Quem é? - diz o S. Pedro meio adormecido.
- É A MARIA!!!

 Havia um casal que tinha dois filhos, um muito optimista e outro muito pessimista.
Certo dia, fartos do optimismo de um e do pessimismo do outro, decidiram encher o quarto do pessimista de brinquedos, e o quarto do optimista de estrume. Horas depois, querendo ver resultados, foram ao quarto do pessimista para ver como este reagiu. Abriram a porta e lá estava o pessimista encostado num canto a chorar. 
Diz-lhe então a mãe:
- Então filho?! Não brincas com os teus brinquedos novos?
Responde o pessimista:
- Não posso!... Tenho medo de os estragar!
Desapontados com este, dirigem-se de seguida ao quarto do optimista. Abrem a porta e vêem este todo contente a mexer no estrume. Pergunta então o pai:
- Ó filho?! O que é que estás a fazer?
Responde o optimista:
- Vocês não me enganam! Eu sei que o pónei está aqui escondido!...

Há um miúdo que vai à maternidade com o pai ver a irmã recém-nascida. Quando a vê, diz ao pai:
- Ó pai, temos que devolver a mana!
- Porquê, meu filho? - diz o pai.
- Olha! Tá rachada!...

Sabias que a pescada, antes de ser pescada, já era pescada!

Havia um senhor muito bêbado que era casado com uma rapariga muito mais nova. E então, em vez de fazer a sua "obrigaçãozinha" lá em casa, aparecia sempre bêbado.
Um dia foram passear pela rua e o homem, ao ver uma taberna, diz:
- Olha uma taberna! Vou entrar!...
Entrou na taberna e bebeu uns copos. Mais à frente encontrou outra taberna e disse:
- Olha outra taberna! Vou entrar!...
Entrou na taberna e bebeu mais uns copos. E durante o passeio, o homem continuou a entrar numa série de tabernas.
Passados uns dias, o homem chegou mais sóbrio a casa. A mulher, ainda que desconfiada, pensou:
- "Péra lá! É capaz de ser hoje!"
Chegou à noite e o homem, com um ar romântico, dá-lhe um beijo na testa. Pensa a mulher:
- "Queres ver que é mesmo hoje?!"
O homem continua com os beijinhos e dá-lhe um beijo no queixo.
A mulher delirava de contente!
O homem continua a descer e dá-lhe um beijo no umbigo.
- Sim, sim! - dizia a mulher.
De seguida, o homem dá-lhe um beijo no joelho e,... deixou-se dormir.
Diz-lhe a mulher irritada:
- Porra! Se fosse uma taberna tinhas entrado!...

Numa viagem de cacilheiro de Lisboa a Almada, um maricas sentou-se ao lado de uma vendedeira. Nisto, num dos balanços do barco, o maricas levanta-se e diz:
- Vou p'ra Costa da Caparica!
A vendedeira olha para ele e pensa:
- "Que carago! Olha só a companhia que me calhou hoje!"
De seguida, num outro balanço do barco, o maricas levanta-se e diz:
- Vou p'ra Costa da Caparica!
A vendedeira olha para o cesto de legumes que trazia e pensa:
- "Peraí que eu já te digo!"
De seguida, o barco dá outro balanço. O maricas levanta-se, e a vendedeira coloca um tomate que tinha na cesta debaixo do rabo do maricas.
O maricas senta-se, põe a mão no rabo, e diz:
- Ah! Já não posso tomar banho!...

Entre dois amigos:
- Olha, ali em baixo é o vale do eco!
- Ai é?! Então vamos lá.
Quando lá chegaram diz um:
- Olá!...
Diz o eco:
- Olá!... Olá!...
Diz então o outro:
- Otorrinolaringologista!
Diz o eco:
Otoquê?... Otoquê?...

Há um tipo que entra num café com uma grande vontade para fazer chichi. Desaperta a portinhola, põe o pirilau de fora, e dirige-se distraidamente para a casa de banho das senhoras. Diz-lhe então o empregado:
- Psst, ...ó amigo, isso que está aí é para as senhoras!
- Não! Havia de ser para ti!...

Numa aula, a professora pergunta aos meninos o que estes querem ser quando forem grandes. Um diz que quer ser aviador, outro cientista, outro piloto de automóveis e, quando chega a vez do menino Carlinhos, este diz que queria ser playboy.
Pergunta a professora:
- Playboy, menino Carlinhos?! O que é isso?
- Então! É um gajo que anda em brutos carros, bebe uns brutos whiskies e anda com umas brutas mulheres.
- O menino Carlinhos chegue aqui!
A professora deu-lhe uma série de reguadas no rabo e o miúdo vai a chorar para casa. Chega a casa e o pai, ao ver o filho a chorar, pergunta:
- Porque choras meu filho?
- Porque a minha professora perguntou-me o que eu queria ser quando fosse grande e eu disse que queria ser playboy.
O pai, irritado, faz-lhe a mesma coisa. No outro dia, o menino Carlinhos já de mansinho, quando a professora pergunta o que este quer ser quando for grande, responde:
- Eu quero ser mini-playboy!
- E o que é isso? - pergunta a professora.
- Então! É um gajo que anda em brutos triciclos, bebe umas brutas gasosas e bate umas brutas "penhetas"!...

Um lisboeta passa pelo Alentejo num bruto Ferrari mas, não conseguindo contornar uma curva, despista-se e desfaz o carro. Começa ele então a gritar:
- Ai o meu Ferrari! Ai o meu Ferrari!
Um alentejano que por ali passava, ao ver o gajo a gritar, diz-lhe:
- Ó amigo! Então você está para aí a gritar "ai o meu Ferrari", e não vê que lhe falta um braço?
Começa então o lisboeta:
- Ai o meu Rolex! Ai o meu Rolex!...

Uma cigana chega ao registo civil para registar a sua filha. Pergunta-lhe a empregada:
- Então qual é o nome que vai dar à sua filha?
- Cravo Biciclete!
- O quê?! Isso lá é nome que se dê a uma criança?
- Então?! Vocês têm uma Rosa Mota, nós também podemos ter uma Cravo Biciclete!...

Estavam dois compadres à sombra duma azinheira e, ao ver um avião passar diz um ao outro:
- Ó compadre, que passarão é aquele?
- Ó compadre, ...ignoro!
- Ena, que grande ignoro!...

Sabes porque é que os alentejanos colocam as antenas de televisão em cruz?
- É para sintonizarem melhor a TVI.

 O professor Cavaco Silva, numa das suas passagens pelo Alentejo, encontra um alentejano e pergunta-lhe:
- O senhor conhece-me?
- Não, não conheço! - responde o alentejano.
- Então eu vou-lhe fazer umas perguntas e o senhor vai ver que me conhece. Onde é que o senhor mora?
- Eu moro ali em cima do serro!
- Então e como é que o senhor vai para lá?
- A pé!
- Então deixe estar que eu vou oferecer-lhe uma bicicleta a motor para o senhor ir mais descansadinho!
- Ai muito obrigadinha! Muito agradecido!
- O senhor mora com quem?
- Moro sozinho!
- E o senhor não tem televisão?
- Não senhora!
- Então deixe estar que eu vou oferecer-lhe uma televisão a cores para o senhor se distrair à noite!
- Ai muito obrigadinha!
- E então o senhor quando precisa de ir ao médico vai aonde?
- Ai vou a Ourique! E só posso ir à segunda e à sexta, que é quando tenho a camioneta da carreira!
- Então deixe estar que eu vou oferecer-lhe um automóvel pequenino, p'ró senhor ir ao médico.
- Ai então muito obrigadinho!
- E agora, já sabe quem eu sou?
- Ora porra!... Agora já sei! É o Sr. Carlos Cruz!

 Um cigano, que andava cheio de fome, acabara de roubar duas galinhas. Levou-as para a beira de um rio, depenou-as e fez uma fogueira para as assar. Nisto passa um polícia e o cigano, atrapalhado, atira as galinhas para o rio. O polícia dirige-se a ele e pergunta:
- Ó cigano! Andaram a roubar umas galinhas por estes lados. Sabes alguma coisa sobre isso?
- Não, seu guarda! Eu num sei nada!
O polícia olha para a fogueira e pergunta:
- Ó cigano! Para que é a fogueira?
- Então o seu guarda não vê que me estou aquecendo!
O polícia, desconfiado, olha para as penas e diz:
- E as penas?
- Ah, ...é que as galinhas foram tomar banho e pediram para tomar conta da roupa!...

Um milionário organizou uma grande festa na sua mansão. A dada altura, o milionário dirige-se para os seus convidados e diz:
- Vamos fazer um jogo! Eu mandei encher a piscina de crocodilos, piranhas, cobras de água, etc... e, quem conseguir atravessá-la a nado e chegar intacto, terá direito a escolher um destes três prémios: um terreno ao pé da minha mansão; um milhão de escudos em dinheiro ou a mão da minha filha em casamento.
Mal o milionário acaba de falar, um indivíduo começa a nadar com uma velocidade incrível e, consegue atravessar a piscina chegando intacto. O milionário dirige-se a ele e pergunta:
- Então, qual dos prémios é que você quer?
- Eu quero é saber quem foi o filho da puta que me empurrou!...

Um cão vai de férias para o Algarve. Quando lá chega encontra um gato e, dirigindo-se a ele faz:
- "Ão!!!"
E o gato:
- "Ão!!!"
Pergunta o cão:
- "Ão"?! Mas tu não devias fazer "Miau"?!
Responde o gato:
- Sabes?! Aqui no Algarve, quem não sabe mais que uma língua está lixado!...

Jesus Cristo, já pregado na cruz, pede aos Apóstolos:
- João!... Coça-me a mão!
E João coçou-lhe a mão.
- Tomé!... Coça-me o pé!
E Tomé coçou-lhe o pé.
Nisto, um deles começa a fugir. Diz então Jesus:
- Simões?! Porque foges?...

Sabes qual é o país do Mundo onde se come mais barato?
- É na China! Porque lá come-se com dois paus!

Sabes porque é que os chineses são amarelos?
- Porque mijam contra o vento!...

Sabes o que é uma cicatriz?
- É uma actriz da SIC!

-Vocês 'sandes' amigos?
-'Sumos'!

Sabes porque foram proibidos os pára-brisas atrás?
-É que foram apanhados alentejanos a conduzir ao contrário!

Sabes qual é a diferença entre um prego e um alentejano?
-É que o prego tem cabeça!...

Uma senhora num consultório:
-Sr. Dr.! Pode-se tomar a pílula com menstruação?
-Pode!... Mas porque não a toma com água?!

Duas prostitutas conversavam:
-Olha rica, se não fosse a foda de ontem à noite, hoje não tinha que comer!
Diz então a outra:
-Olha, ..., se não fosse o broche de hoje de manhã, ainda não tinha nada no estômago!

 Estava um casal de namorados a namorar quando o rapaz tem uma tremenda vontade de escarrar. Pensa ele:
- "Bem, se eu escarro para o chão ela chama-me porco; se eu engolir é nojento..."
De repente a rapariga dá-lhe um tremendo beijo na boca e diz:
- Apanhei-te a chiclete Apanhei-te a chiclete!...

Estavam 3 mulheres a comer um gelado. A primeira trincava o gelado, a segunda a lambia o gelado e a última chupava o gelado. Qual é a casada?
- A mulher que tem a aliança!

Uma rapariga pede ao pai para ir ao cinema. Contrariado o pai responde:
- Não vais! Não te deixo ir!
- Deixa lá pai!... - diz a filha.
Não vais! Mas olha, se me fizeres um broche eu deixo-te ir!
- Olha-me esta! - diz a filha - O pai tem cada uma!
- Disse e está dito! Só vais se me fizeres um broche!
A rapariga tanto queria ir ao cinema que acabou por fazer o broche ao pai. Mas, ao fazer o broche diz ela ao pai:
- Ó Pai! A piça sabe à merda!
O que é que queres?!... O teu irmão quis ir ao futebol!

Um homem andava desejoso de fazer uma tatuagem. Certo dia decidiu-se e foi à casa de tatuagens.
Chegando lá, dirige-se ao tatuador e diz-lhe:
- Queria fazer uma tatuagem de uma nota de dez mil escudos no sexo!
O tatuador responde:
- Você está é maluco! Você nem imagina as dores que vai sentir.
- Mas eu quero! Faça lá a tatuagem, eu não me importo das dores. - responde o homem.
O homem tanto insistiu que o tatuador acabou por concordar. Mas, antes de começar este pergunta:
- Mas para quê é que o senhor quer o raio da tatuagem da nota de dez mil no sexo?
- Olhe! - diz o homem - Dou-lhe três razões:
Primeiro: eu sou empresário e gosto de ver o dinheiro a crescer!
Segundo: a minha mulher é banqueira e gosta de ver o dinheiro a entrar e a sair!
Terceiro: o raio da minha amante, chupa-me o dinheiro todo!...

Entram 2 piças num banco e dizem:
- Mãos-ao-ar!... Isto é um assalto!
De seguida entra um vibrador. Diz então uma piça p'rá outra:
- Porra! Lá vem o Robocop!

Num cruzamento encontram-se 4 veículos: 1 pénis, 1 vibrador, 1 vassoura e 2 tomates. Quem tem prioridade?
- O vibrador! Porque é um veículo motorizado.

Sabes porque é que os cães lambem a pichota?
- Porque conseguem!

Cavaco Silva antes de entrar na vida política andava a tentar tirar o curso de Bispo. Infelizmente reprovou no exame final. Chateado com a nota, foi pedir explicações ao  professor que o reprovou. Responde-lhe então o professor:
- Ó Sr. Cavaco Silva, lá que você diga que as Encíclicas são bicicletas de 2 rodas, tudo bem; que as Epístolas são as mulheres dos Apóstolos, vá lá que não vá; mas que os Anos Santos são os cús dos Padres, ..., sinceramente!...

Definição geométrica de mulher:
- Conjunto de curvas e contracurvas que fazem elevar uma linha recta!

Sabes como é que arrancas um braço a um toxico-dependente?
- Rasgas pelo picotado!

Calinadas do futebol

Esta não e mais que uma compilação de boas calinadas, proferidas por algumas das mais importantes personalidades ligadas ao futebol nacional...
A grande maioria dos textos foi retirada da conferencia pt.desporto.futebol, e outros foram-me submetidos por navegantes anónimos (obrigado), solidários com esta pagina.
Divirta-se com algumas das frases "mais" inteligentes do mundo do futebol... ;)
Convém referir que NADA tenho contra este desporto ou pessoas envolvidas.

Gabriel Alves: 
.Intervalo de um jogo. 
Um fedelho qualquer esta' agarrado as redes que separam as bancadas do relvado. Comentário do Gabriel com um  sorriso nos lábios:
              "Os putos vão 'a bola... e gostam..."

 .Campeonato do mundo dos EUA, jogo Suecia-Romenia, comentário a uma 
  jogada de ataque da equipa romena:
  " George Hagi, estratega da equipa....(pausa enorme)....
    Raducioiu(lido assim mesmo)..........(Nova pausa).....
    Já perdeu  tempo de remate. Golo."
  Deve-se acrescentar que desde o suposto erro do avançado romeno até ao golo passaram-se algumas milésimas de segundo.

 .Jogo da Supertaca 95 (Sporting- Porto) em Paris:
  "Superavit tecnicista dos centro-campistas do Sporting em relação aos do Porto"
 
 .Jogo de hóquei. Um jogador recebeu a bola  e passou-a a outro jogador.
  "[Fulano] passou de uma função receptora para uma função emissora..."
 
 .Jogo do Sporting.
  "Juskowiak a vantagem de ter duas pernas!"
 
 .Gabriel Alves, numa descrição de "detalhada" de um estádio de futebol...
  "E' um estádio bonito, moderno, arejado..."

 .No fim dum jogo da selecção nacional:
  "A selecção não jogou nem bem nem mal, antes pelo contrario..."

 .Ouve-se no estádio, algum publico a gritar:
  "O' Pinto da Costa, vai pro' ca...". 
  Diz Gabriel Alves, no mesmo instante:
  "O publico entusiasmado... a apoiar as duas equipas..."

 .Durante a Final da Taça Uefa, entre Bayern e Bordéus
  "Reparem como os jogadores do Bayern movimentam-se descrevendo figuras geométricas....
   O futebol e' uma arte plástica.... "
 
 .Comentário num jogo do mundial dos E.U.A (94):
  "Uma humidade relativa, muito superior a 100%..."

 .Durante o Euro96, no primeiro jogo Alemanha-Rep.Checa, 
  Gabriel Alves afirma entusiasticamente:
  "Existem muitos jogadores alemães a jogarem no campeonato germânico"

 .Brilhante comentário técnico, de Gabriel Alves, acerca do golo, invalidado no jogo Euro96, Romenia-Bulgaria(?), onde a bola bateu na trave e tocou no interior da baliza, junto a linha de golo:
  "De facto foi golo, com a bola a bater A MAIS DE 2 METROS para la' da linha de golo"

 .Durante o Euro96, o brilhantíssimo e querido comentador Gabriel Alves afirmou vezes sem conta, em TODOS os jogos onde participaram jogadores estrangeiros, que jogam em Itália, que estes são....
  e passo a citar, "possuidores de toda a escola italiana de futebol".
Gabriel Alves:"OOOOOhhhh, toda a escola italiana a mostrar-se na técnica individual do jogador ...".

 .Durante o aparatado encontro entre SL.Benfica(0) e FC.Porto(5), ouve-se
  a certo momento, Gabriel Alves, a tecer o seguinte comentário:
  "Jardel.... um jogador com um tempo de salto de 70 centímetros..."

 .Gabriel Alves, no decorrer de um jogo afirma:
  "La' vai o rapidíssimo Lentini"

 .Gabriel Alves, outro brilhante e típico comentário:
  "Um passe para uma zona de ninguém, onde realmente não estava ninguém!"

 .No estádio José' Gomes, do Estrela da Amadora (Reboleira), a "mítica" dupla, Francisco Figueiredo/Gabriel Alves trava o seguinte dialogo:
  GA: - ...relvado em muito mas condições para a pratica do futebol. Não e' assim Francisco Figueiredo, conforme podes constatar ai em baixo no relvado...
  FF: - Confirmo, péssimas condições. E eu que vim para o campo de SAPATINHOS FINOS...

 .O Grande Gabriel, no Suecia-Romenia do Mundial 94, após o golo de empate dos suecos:
  "Kenneth Anderson, 1 metro e 93 de golo..."

 .Joaquim Meirim no Euro96, e a titulo de improviso, quando a RTP não conseguia estabelecer a ligação audio com, Gabriel Alves:
  "Desde que o jogo começa, ha' sempre a hipótese de acontecer um golo"

 .Comentador desconhecido da RTP1:
  Durante um jogo do Benfica:
  "La vai Paneira no seu estilo inconfundível ... (pausa)  ...mas não, e' Veloso"

 .Durante o mundial de juniores disputado em Portugal, pode-se ouvir o comentador desportivo da RTP, José Nicolau de Melo, vivamente anunciar que o jogo COSTA DO Brasil - Marfim iria ser transmitido nessa noite (ou tarde).

 .Ouve-se Costinha, com a bola na mão, dizer "Pró ca...!".
  Diz o comentador :
  "Muito bem, Costinha a incentivar os companheiros, e a manda-los para a frente..."

 .Num jogo do Benfica, Artur Jorge aprontava-se para fazer uma substituição na equipa, sendo a hipótese mais provável, a entrada de Helder no jogo.
  Diz o comentador:
  "...Dos jogadores que estão a aquecer, Helder foi o que já' tirou os calções."

 .Na sucessão de vários erros típicos do arbitro em campo, ouve-se o brilhante comentário:
  "...e o Arbitro foi agora atingido por um objecto estranho, provavelmente atirado por um TELESPECTADOR..."

 .Nos prelúdios de uma partida de futebol entre o Paços de Ferreira e o FC Porto, o comentador afirma: 
  "Vamos concerteza assistir a um grande derbie minhoto..."

 .Em directo na RTP, após o jogo, que consagrava o FC Porto, como campeão nacional, e no momento em que passava uma fanfarra de Bombeiros, ouve-se o seguinte comentário:
  "Aqui um rancho folclórico a juntar-se as festividades do FCP..."

 .Comentário final, de um jogo transmitido em directo na RTP: 
  "Tratou-se de um jogo, incolor, insípido e inodoro..."

João Pinto (FC Porto)
 .Esta frase saiu numa situação em que o JP estava lesionado ou castigado e não podia jogar. Perguntaram-lhe se a sua ausência não ia influenciar no rendimento da equipa (ou outra coisa do género):
          " Comigo ou SEM-MIGO, o Porto vai ser campeão! "

 .João Pinto foi receber um prémio qualquer e produziu o seguinte discurso:
          "O meu coração só tem uma cor: azul e branco."

 .Repórter: - João Pinto, prognósticos para este encontro?
        JP: - Prognósticos só no fim do jogo.

 .Repórter: - João Pinto, felicidades para o jogo.
        JP: - Obrigado, igualmente.

 .No fim de um jogo que o Porto ganhou:
 Repórter: - João Pinto, felizes com mais esta vitoria?
        JP: - Sim, estamos felizes porque estamos contentes.

 .Neste jogo, JP tinha marcado um golo num remate de primeira.
  Entrevistado no fim do jogo, teve a seguinte afirmação:
  "Não foi nada de especial, chutei com o pé que estava mais a mão!"

 .Num domingo , depois do jogo com o Boavista: 
  "- [O Rui Filipe] ... era um jogador com "H" muito grande,
     e um homem com dois "HH" muito grandes."

 .Estagio da selecção, os jornalistas estavam a fazer uma reportagem sobre os tempos livres dos jogadores. Chegou a  vez do nosso querido J.Pinto. Quando lhe perguntaram o que ele  costumava fazer nos tempos livres do estagio, ele "inteligentemente" diz:
  "Costumo fazer (isto), (aquilo), (aqueloutro), ver TV, ler...".
    Vai dai, o jornalista pergunta-lhe:
               ...então e o que costuma ler?... Jornais?
        J.P. - Sim.
  Jornalista - E livros, não lê'?...
        J.P. - Sim... CLARO!
               Por acaso, ando a ler agora um, que ate'
               tenho em cima da mesinha de cabeceira...
  Jornalista - Ah sim, então e qual e' o titulo do livro?
        J.P. - (um pouco embaraçado)
               Hum... Hum... Não me lembro...

 .Outro fantástico comentário de J.Pinto:
  "O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correcta: Deu um passo em frente...."

Diamantino (Benfica)
.Ao intervalo, o Benfica ganhava por 1-0, e Diamantino afirma:
  "Estamos a jogar bem, conseguimos marcar o 1-0... Na segunda parte iremos trabalhar para marcar o segundo 0..."

Helder (Benfica)
.Helder foi convocado para a selecção (parece que ia jogar mesmo no onze inicial), perguntaram-lhe se o jogo ia ser muito importante:
  " Vai ser um jogo muito importante, particularmente para todos os portugueses e em geral para mim. "

Veloso (Benfica)
.Isto passou-se em 95, quando os jogadores do Benfica entraram num suposto "Blackout" informativo. Veloso, como capitão, teve a honra de ler o comunicado e, pelos vistos, nem isso soube fazer:
  "Os jogadores do Benfica permanecerão em "blackout" enquanto toda a verdade não for RESPOSTA."

Paulo Futre (Regiana)
.Algumas semanas depois de ter abandonado o Atlético de Madrid, e na época já' a jogar no campeonato italiano:
  "A minha vida transformou-se completamente... Deu uma volta de 360 graus!"

Jorge Cadete (Sporting)
.No jogo, Portugal-Escocia em que obtivemos uma brilhante vitoria, por 5 - 0, Cadete foi substituído praticamente no final do jogo, por consequência de uma lesão. No momento foi prontamente interpelado por um repórter da TV.
  Repórter: - "Então Cadete, esta' magoado?"
  J.Cadete: - "Não, não. Estou muito feliz."

Pinto da Costa (FC Porto)
.No Portugal - Suíça, jogado no estádio das Antas, a contar para a fase de apuramento para o Mundial  dos EUA, o omnipresente João Pinto (FCP) enviou a  bola a trave da própria baliza ao tentar fazer um corte. Comentário do presidente portista:
  "Chutou a barra?.. Ah, foi para não ceder canto..."

Anónimo (Vitoria de Setúbal)
.Um jogador não identificado do Vitoria de Setúbal, aquando da suspensão de vários jogadores por causa dos maus resultados, em entrevista a' radio:
  "Não somos só nos que estamos a jogar mal... Querem e' fazer de nos bodes RESPIRATARIOS. "

OS SE's DO EMPREGADO

SE chego a horas... sou maníaco.
SE me atraso... sou irresponsável.
SE sou jovial... não levo nada a serio.
SE me mostro reservado... tendo a mania que sou bom.
Se me preocupo com o trabalho... sou chato.
SE não me preocupo... sou um desligado.
SE faço um elogio... sou um engraxador.
SE faço uma critica... sou um sacana.
SE fico depois da hora... estou-me a fazer a promoção.
SE saio a hora... estou-me nas tintas para o serviço.
SE faço horas extraordinárias... faço tudo por uns tostões.
SE não faço horas extraordinárias... sou um mau profissional.
SE insisto no meu ponto de vista... alem de burro sou teimoso.
SE não insisto no meu ponto de vista... não tenho caracter.
SE sou o mais velho desta secção... sou um fóssil pré-histórico.
SE sou o mais novo desta secção... não passo de um puto.
SE sou promovido... sou o bufo do chefe.
SE não sou promovido... sou um incompetente.
SE luto pelos meus interesses... sou um agitador anarquista.
SE faço greve... sou comunista.
SE não faço greve... sou fascista.
SE tento ajudar... tenho a mania de que só eu e que sei.
SE não tento ajudar... tenho medo que se apoderem dos meus conhecimentos.

ÉPOCAS DA VIDA 

- Mamã, estes hipopótamos são tão parecidos com a tia Marta!
- Isso não se diz, meu filho. É muito feio.
- Não faz mal. Eles não percebem.

A esposa:
- Ó Fernando! Ajuda-me a calar o bebé! Ele é tanto meu como teu!
O marido (virando-se para o outro lado cheio de sono):
- Cala-te a tua metade e deixa chorar a minha.

Uma senhora entra numa lavandaria e diz:
- Veja este trabalho! Foi lavado aqui!
- Não sei o que tem a dizer: o guardanapo está limpinho!...
- Guardanapo !? Isto era um lençol !!!

Um advogado recém-formado abriu um escritório num luxuoso prédio no centro da cidade. Depois de alguns dias, irritou-se com a falta de clientes.
Finalmente viu um homem entrar e rapidamente pegou no telefone, fingindo estar a falar com alguém:
- Ah, foi? E o que é que lhe disseram? Que somos os melhores? Bom, talvez tenham exagerado um pouco. Muito bem, mas não vamos comparecer à sala de tribunal; confiamos esses assuntos à nossa equipa de auxiliares. Está tudo providenciado. Pode deixar que uma das nossas secretárias fica em cima do assunto.
O advogado desligou e voltou-se para o homem.
- Em que posso servi-lo ?
- Em nada. Sou técnico da Telecom e vim ligar o telefone.

Redacção de um menino da 2ª classe, acerca da água.
- A água é um líquido branco e molhado, que se torna preto quando a gente se lava nele.

Um miúdo entra num talho e pergunta:
- O senhor tem pés de porco?
- Tenho, sim senhor !
- Coitado! Então deve custar-lhe muito andar!

- Mamã, dá-me 100$00 para dar a um homenzinho que está a gritar muito na rua.
- Que rico coração! E o que diz o homem, meu filho?
- Quentes e boas !...

O Joãozinho entra em casa a correr e mostra ao pai um canivete novo que achou na rua. 
- Mas tens a certeza que foi perdido? - pergunta o pai.
- Foi perdido foi, que eu bem vi o homem à procura dele.

O pequeno Zézito diz ao pai:
- Pelo Natal, gostaria de ter um revólver verdadeiro!
- O quê!? - rezingou o pai - tu és doido, ou quê?
- Quero um revólver verdadeiro! Quero um revólver verdadeiro! - choraminga o Zézito.
- Basta - ralha o pai - quem é aqui o dono da casa?
Diz o Zézito, com fleuma:
- És tu, mas se eu tivesse um revólver verdadeiro...

Um par de namorados, brasileiros, está num banco do jardim. Ele está amuado. Ela muito meiga, muito dengosa:
- Quiridjinho! Não seja assim. Mi djiga qualquerre coisa qui mi dêleitche.
- Vaca!

Quando fizeram 50 anos de casados, ela pediu ao marido para irem passar a noite do aniversário no mesmo hotel onde haviam passado a noite de núpcias. Ele concordou e foram. Ela quis jantar no quarto, o mesmo da noite de núpcias, e ele acedeu. Ao jantar ela pôs-se à vontade e a certa altura diz ao marido, debruçando-se:
- Ai, filho! Sinto um calor no peito, como senti à 50 anos, aqui, neste mesmo sítio...
- Então... vê lá se tiras as mamas de dentro da sopa.

Uma velhota vai no autocarro e, de repente, começa a gritar:
- Ai, a minha bolinha! Onde é que está a minha bolinha! Caiu-me aqui e não a vejo! Ai, a minha rica bolinha!
Toda aquela gente se põe à procura da bolinha, desviando os pés, procurando no chão, olhando debaixo dos bancos, todos a quererem ajudar a velhinha a encontrar a sua bolinha.
A certa altura a velhinha mete o dedo no nariz, saca um macaco, começa a enrolá-lo com os dedos, e diz, tranquilamente:
- Deixem lá. Não faz mal. Eu faço outra.

O velhinho está a chorar, sentado à porta. Um homem pergunta-lhe, condoído:
- Tiozinho: porque está a chorar?
- Foi o meu pai que me bateu - responde o velho lamuriando.
- O seu pai !? - diz o homem admirado.
- Ainda tem pai??
- Pois tenho. Está ali para dentro.
- Mas...quantos anos tem?
- Eu? Já passei dos 100.
Desconfiado, o homem entra na casita e encara com um homem que, realmente, parecia ser mais idoso do que o outro, e pergunta-lhe:
- É verdade que o senhor bateu no seu filho?
- Pois é. Mandei-o embalar o avô, que está ali no berço. Ele não foi... apanhou porrada!
 
 

Voltar à Página AnteriorVoltar ao Menú Principal